23.5 C
São Paulo
sábado, 28 maio, 2022

Olavo, o Ananias de muita gente

Revista Mensal
Leônidas Pellegrini
Professor, escritor e revisor.

“Que os anjos do Senhor possam consolar as almas de Roxane e de todos os filhos, netos e familiares do professor Olavo de Carvalho, e que este Ananias de tanta gente seja recebido no Reino Eterno”

Além da conversão de São Paulo, hoje se comemora o dia de Santo Ananias, discípulo de Jesus que, instruído pelo Mestre, acolheu Paulo, que ainda era Saulo, em Damasco, impôs-lhe as mãos sobre a cabeça e o batizou. Foi quando as escamas foram tiradas dos olhos do Apóstolo, que, renascido como Paulo, viria a ser, ao lado de Pedro e os demais Apóstolos, pilar da Santa Igreja.

Hoje cedo, quando soube da morte do professor Olavo de Carvalho, pensei em Santo Ananias. Isso porque, assim como o discípulo e mártir de Damasco, Olavo impôs as mãos sobre muitas cabeças, tirou as escamas de muitos olhos e, com isso, agiu diretamente na alma de um sem-número de brasileiros – e mudou a história do Brasil. Eu mesmo não posso dizer que tenha sido Olavo o meu Ananias, pois este mérito cabe sobretudo ao Padre Paulo Ricardo.

No entanto, foi por intermédio deste padre que conheci o professor e, aí sim, muitas outras escamas foram sendo tiradas dos meus olhos à medida que eu ia assistindo os vídeos de seu True Outspeak no YouTube, lendo seus artigos na internet, devorando um a um seus livros (e ainda falta um tanto!) e finalmente entrando para o COF, do qual eu devo ser um dos piores alunos, senão o pior (o COF tem a sua Turma do Fundão, mas eu pertenço à Turma do Faltão).

Enfim, entre os diversos testemunhos que fui lendo hoje cedo nas redes sociais, sem ânimo para escrever o que quer que fosse, deparei-me com um de outro professor que admiro muito, Felipe Nery, que dizia que Olavo há de ser um daqueles grandes homens que influenciam muito mais após a morte do que quando vivos. Que assim seja. E às palavras do professor Felipe, acrescento as de nossa editora Bruna Torlay:

Que os anjos do Senhor possam consolar as almas de Roxane e de todos os filhos, netos e familiares do professor Olavo de Carvalho, e que este Ananias de tanta gente seja recebido no Reino Eterno. Descanse em paz, professor.


Obrigado por salvar minha vida, professor“.

Paulo Briguet


Gosta do nosso conteúdo? Assine a Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

 

- Advertisement -spot_img

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Finados

Finados   I Dos bisos conheci o Nona e a Nono, avós do pai, bem pouco conhecidos, na verdade, em seus mundos recolhidos, alçados quase...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img