31 C
São Paulo
quinta-feira, 27 janeiro, 2022

O Discurso do Dia da Infâmia | Os EUA declaram Guerra ao Japão

Revista Mensal
Jonas Buccinihttp://www.revistaesmeril.com.br
Patriota, Conservador e Entusiasta da História Militar!

Após os japoneses atacarem Pearl Harbor, o Presidente Franklin Roosevelt declara guerra ao Império Japonês

No dia 07 de dezembro de 1941, ocorreu o ataque surpresa à base naval americana de Pearl Harbor, no Hawaii, realizado pela Marinha Imperial Japonesa.

As rotas usadas pela frota japonesa para se aproximar e atacar Pearl Harbor. Kido Butai, a Força de Ataque da Marinha Imperial Japonesa (IJN), viajou com sucesso 3.000 milhas sem ser detectado e atacou sem aviso. Créditos: https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AMap_of_Pearl_Harbor_attack_force.jpg

A base americana fora surpreendida por 353 aviões lançados dos porta-aviões japoneses que, durante o ataque, mataram 2.334 militares e 68 civis; 1.341 pessoas ficaram feridas. Da perspectiva material, o ataque japonês destruíra 311 aviões e diversos encouraçados, cruzadores, contratorpedeiros e porta-hidroaviões. O ataque foi o estopim para o ingresso dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

Marinheiro ao lado dos aviões destruídos na Ford Island Naval Air Station, observando a explosão do USS Shaw. Créditos: MPI/Getty Images

Reação do Presidente americano

FDR at Infamy speech
Discurso do Presidente Franklin D. Roosevelt no Congresso em 08 de Dezembro de 1941. Créditos: Bettman/Getty Images

Um dia após o ataque do Império Japonês às bases militares dos Estados Unidos em Pearl Harbor e nas Filipinas, Franklin Delano Roosevelt, o 32º Presidente dos Estados Unidos, pronunciou, durante uma sessão conjunta no Congresso Americano, a declaração oficial de guerra contra o Império asiático.

As alterações de Franklin Roosevelt no primeiro rascunho de seu discurso são claramente visíveis no “Rascunho nº 1”. Na frase de abertura, ele mudou “história mundial” para “infâmia” e “simultaneamente” para “repentinamente”. Créditos: Franklin D. Roosevelt Library

Quando Roosevelt discursara na sessão conjunta do Congresso estava paralisado pela poliomielite da cintura para baixo. Além do peso da responsabilidade de representar as demandas de toda uma nação naquele momento, o Presidente teve de sustentar o seu próprio peso sobre as pernas afetadas pela doença durante um discurso proferido de pé. Um verdadeiro estadista. Às 16:00h daquela mesma tarde era assinada a declaração de guerra. Segue a transcrição do discurso que ocorreu às 12:30h e que fora transmitido via rádio para toda a nação reverberando em seguida por todo o mundo:


”Ontem, 7 de Dezembro de 1941 – uma data que viverá na infâmia – os Estados Unidos da América foram repentina e deliberadamente atacados por forças navais e aéreas do Império do Japão.

Os Estados Unidos estavam em paz com aquela nação e, a pedido do Japão, ainda conversavam com seu governo e seu imperador visando a manutenção da paz no Pacífico. De fato, uma hora após os esquadrões aéreos japoneses terem começado o bombardeio na ilha americana de Oahu, o embaixador japonês nos Estados Unidos e seu colega entregaram ao nosso secretário de Estado uma resposta formal a uma recente mensagem americana. E embora esta resposta afirmasse que parecia inútil continuar as negociações diplomáticas existentes, não continha nenhuma ameaça ou indício de guerra ou de ataque armado.

Será registrado que a distância do Havaí do Japão torna óbvio que o ataque foi planejado deliberadamente muitos dias ou até semanas atrás. Durante esse período, o governo japonês procurou deliberadamente enganar os Estados Unidos com falsas declarações e expressões de esperança de paz contínua. O ataque de ontem nas ilhas havaianas causou graves danos às forças navais e militares americanas. Lamento dizer a vocês que muitas vidas americanas foram perdidas. Além disso, houve relatos de que navios americanos foram torpedeados em alto mar entre São Francisco e Honolulu.

Ontem, o governo japonês também lançou um ataque contra a Malásia. À noite, as forças japonesas atacaram Hong Kong e Guam. As forças japonesas atacaram também as Ilhas Filipinas e a Ilha Wake. E nesta manhã os japoneses atacaram a Ilha Midway.

O Japão, portanto, empreendeu uma ofensiva surpresa que se estende por toda a área do Pacífico. Os fatos de ontem e de hoje falam por si. O povo dos Estados Unidos já formou sua opinião e compreende bem as implicações da manutenção da própria vida e segurança de nossa nação. Como Comandante em Chefe do Exército e da Marinha, ordenei que todas as medidas sejam tomadas para nossa defesa.

A nossa Nação se lembrará para sempre do caráter do ataque violento contra nós. Não importa quanto tempo levará para superar essa invasão premeditada, o povo americano em sua força justa vencerá sob vitória absoluta. Creio interpretar a vontade do Congresso e do povo quando afirmo que não só nos defenderemos ao máximo, mas faremos com que tenham a certeza de que esta forma de traição nunca mais nos colocará em perigo. Existem hostilidades. Não há como piscar para o fato de que nosso povo, nosso território e nossos interesses estão em grave perigo.

Com confiança em nossas forças armadas – com a determinação ilimitada de nosso povo – obteremos o triunfo inevitável. Que Deus nos ajude.

Peço que o Congresso declare que desde o ataque não provocado e covarde do Japão no domingo, 7 de dezembro de 1941, existe um estado de guerra entre os Estados Unidos e o Império Japonês.

– Discurso do Presidente Franklin Delano Roosevelt (EUA) ao Congresso dos Estados Unidos da América, 08 de Dezembro de 1941. Créditos: https://millercenter.org/the-presidency/presidential-speeches/december-8-1941-address-congress-requesting-declaration-war


Referência

Pearl Harbor Attack, Naval History and Heritage Command, acessado pela última vez em 09 de Dezembro de 2021 – https://www.history.navy.mil/browse-by-topic/wars-conflicts-and-operations/world-war-ii/1941/pearl-harbor.html

FDR’s “Day of Infamy” Speech, National Archives, acessado pela última vez em 09 de Dezembro de 2021 – https://www.archives.gov/publications/prologue/2001/winter/crafting-day-of-infamy-speech.html

“A única coisa que devemos temer é o próprio medo”.

F. D. Roosevelt
Assine Esmeril e tenha acesso a conteúdo de Alta Cultura. Assine!
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL JÁ COMEÇOU?

Guerra Biológica (Vírus), Guerra Psicológica (Mídia), Guerra Econômica (Embargos) e Guerra Cibernética (Instabilidade em Aplicativos) “A guerra não é mais...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img