12 C
São Paulo
terça-feira, 28 junho, 2022

DOSE DE FÉ | Agostinho da Cantuária

Revista Mensal
Leônidas Pellegrini
Leônidas Pellegrini
Professor, escritor e revisor.

De monge missionário a Arcebispo, Santo Agostinho da Cantuária foi para a Inglaterra o que São Patrício, um século antes, havia sido para a Irlanda

Hoje é dia de Santo Agostinho da Cantuária, Bispo.

Pouco se sabe sobre a vida desse santo antes de sua missão nas ilhas britânicas. Ele era um monge beneditino no Mosteiro de Santo André, fundado por São Gregório Magno.

Em 597, São Gregório Magno, então Papa, enviou Agostinho para chefiar 40 monges em missão evangelizadora na Grã-Bretanha. Chegando lá, partiu diretamente em visita ao poderoso rei Etelberto de Kent. Com a ajuda de um intérprete, expôs as verdades cristãs ao rei e conseguiu dele autorização para pregar o Evangelho em todos os seus domínios.

Em menos de um ano, o trabalho daqueles santos monges frutificou a ponto de terem conseguido mais de 10 mil conversões e batismos na ilha, incluindo o próprio rei e toda a sua corte. Com isso, o Papa enviou mais missionários à Grã-Bretanha, Agostinho foi ordenado Bispo e, depois, Arcebispo da Cantuária, e outras importantes dioceses foram fundadas, como a de Londres e a de Rochester.

Santo Agostinho da Cantuária faleceu em 26 de maio de 604. Os sete anos de sua missão frutificaram por séculos a fio, por meio de outros santos missionários e religiosos. Ele foi para a Inglaterra o que São Patrício, um século antes, hav para a Irlanda. A Igreja instituiu sua memória em 27 de maio.

Santo Agostinho da Cantuária, rogai por nós!

 

Os sete anos de Agostinho

 

Sete anos Agostinho da Cantuária

serviu a Deus em toda Grã-Bretanha,

com amor tão intenso e fé tamanha,

que a sua obra santa foi frutuosa e vária:

 

o santo monge e seus quarenta pares

levaram Jesus Cristo ao rico, ao pobre,

ao ateu, ao pagão, ao povo, ao nobre,

convertendo os ingleses aos milhares.

 

Quando Agostinho enfim ao Céu chegou,

se por outros sete anos serviria

um Anjo do Senhor lhe perguntou,

 

ao que ele respondeu com piedade:

“E muito mais por Nosso Pai faria,

mas sirvo-O agora pela eternidade!”


Este conteúdo é exclusivo para assinantes da Revista Esmeril. Assine e confira as matérias dessa edição e de todo nosso acervo.

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2022
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Finados

Finados   I Dos bisos conheci o Nona e a Nono, avós do pai, bem pouco conhecidos, na verdade, em seus mundos recolhidos, alçados quase...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img