23.8 C
São Paulo
terça-feira, 21 setembro, 2021

Batalha de Peleliu| O combate mais amargo da guerra para os fuzileiros americanos

Revista Mensal
Jonas Buccinihttp://www.revistaesmeril.com.br
Patriota, Conservador e Entusiasta da História Militar!

Em 15 de Setembro de 1944 iniciava-se no Pacífico a Batalha de Peleliu

Objetivos

Peleliu, uma pequena ilha vulcânica mantida sob uma guarnição de mais de 10.000 soldados japoneses, possuía um campo de pouso que ameaçava as operações dos aliados no processo de libertação das Filipinas.

Mapa do assalto americano à ilha de Peleliu. Créditos: “Killing the Rising Sun: How America Vanquished World War II Japan”. http://worldwartwo.filminspector.com/2014/03/invasion-of-peleliu.html

O General Douglas MacArthur, com o objetivo de neutralizar o perigo iminente, ordena um ataque anfíbio.

Desembarque

Em 15 de Setembro de 1944, iniciava-se a invasão de Peleliu, com o desembarque da 1ª Divisão de Fuzileiros Navais apoiada pela 81ª Divisão de Infantaria do Exército. A metade Sul de Peleliu, incluindo seu campo de aviação, foi capturada na primeira semana após o desembarque.

Peleliu Landing Transcript – The Pacific Fan Site
Fuzileiros americanos nas praias de Peleliu. Série ”The Pacific” (HBO-2010). Créditos: https://sledgehammersnafu.wordpress.com/2017/05/22/peleliu-landing-transcript/

Aeronaves do Corpo de Fuzileiros Navais e da Marinha começaram a operar a partir do campo de aviação logo depois do desembarque, muitas vezes voando em missões de apoio aéreo tão perto do campo de aviação que os pilotos dos “F4U-Corsair” nem mesmo levantavam o trem de pouso durante os ataques. As missões eram realizadas em apenas 30 minutos; desde a decolagem até o pouso.

Mudança de estratégia na defesa dos japoneses

Enfrentando um poder de fogo aliado avassalador desde os primeiros desembarques americanos no Pacífico, os comandantes japoneses perceberam que era necessária uma mudança na estratégia defensiva das suas ilhas satélites.

Fuzileiros americanos avançando em combate em Peleliu. Créditos: https://myhistory.mirtesen.ru/blog/43457630788/Bitva-za-Peleliu-v-fotografiyah,-1944-g

Embora ainda acreditassem na importância de fortes nas praias como uma localização vantajosa contra o inimigo, os comandantes japoneses aceitaram que as forças de desembarque inimigas não podiam mais ser destruídas ou repelidas na beira da água, apenas no interior do território. Isso resultou em uma nova defesa com mais profundidade ao longo do território. O objetivo era fazer com que as forças de desembarque dos EUA fossem atrasadas com um máximo de baixas e danos.

Avanço americano

Uma vez em terra, as forças de desembarque americano perceberam rapidamente que o bombardeio pré-invasão não tinha sido particularmente eficaz. Apesar de garantir uma cabeça de praia no primeiro dia, os fuzileiros navais tiveram de repelir contra-ataques japoneses durante a noite.

Os fuzileiros americanos avançam lentamente sob fogo pesado (Arquivos do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA). Créditos: https://hamptonroadsnavalmuseum.blogspot.com/2020/11/operation-stalemate-ii-invasion-of.html

O movimento para o interior durante os dias seguintes foi retardado pelo fogo enfurecido de ”bunkers” bem escondidos nos flancos e nos terrenos elevados da ilha. As cordilheiras ao Norte eram os principais obstáculos e estavam repletas de pontos fortes japoneses bem posicionados. Além da tenaz defesa japonesa, os fuzileiros navais tiveram de enfrentar temperaturas que chegavam a 46 graus Celsius, e o suprimento de água potável escasso para a tropa.

Desfecho

A Batalha de Peleliu resultou na maior taxa de baixas de qualquer ataque anfíbio na história militar americana: dos cerca de 28.000 fuzileiros navais e tropas de infantaria envolvidas, um número aproximado de 40% dos fuzileiros navais e soldados que lutaram na ilha morreram ou foram feridos (1.544 mortos em combate e 6.843 feridos).

Pode ser uma imagem em preto e branco de árvore e ao ar livre
Em uma operação que foi projetada para durar apenas três dias, os fuzileiros navais se encontraram em uma das batalhas mais sangrentas de sua história.Créditos: https://www.facebook.com/285178101936/photos/a.10151593891371937/10158206264061937/

Apenas em 27 de Novembro – após 2 meses, 1 semana e 5 dias de batalha – a ilha de Peleliu foi declarada ”segura” pelas forças americanas. No entanto, em Abril de 1947 (dois anos após o termino da Segunda Guerra Mundial), um grupo de quase 40 soldados e marinheiros japoneses rendeu-se; eles estavam escondidos nas cavernas da ilha.

Referência

Operation Stalemate II: The Battle of Peleliu, Naval History and Heritage Command, acessado pela última vez em 15 de Setembro de 2021 – https://www.history.navy.mil/browse-by-topic/wars-conflicts-and-operations/world-war-ii/1944/peleliu.html

JAPONESE HOLDOUTS DESISTEM DE PELELIU, The New York Times, acessado pela última vez em 15 de Setembro de 2021 – https://www.nytimes.com/1947/04/22/archives/japanese-holdouts-give-up-on-peleliu.html


”Com confiança nas nossas forças armadas, com a grande determinação do nosso povo, iremos alcançar o inevitável triunfo – assim Deus nos ajude.”

– Discurso do Presidente Franklin D. Roosevelt (EUA) ao Congresso, 8 de Dezembro de 1941. Declaração de Guerra ao Japão.

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL JÁ COMEÇOU?

Guerra Biológica (Vírus), Guerra Psicológica (Mídia), Guerra Econômica (Embargos) e Guerra Cibernética (Instabilidade em Aplicativos) “A guerra não é mais...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img