19.4 C
São Paulo
domingo, 5 dezembro, 2021

O ser vivo mais antigo já registrado

Revista Mensal
Vitor Marcolinhttps://lletrasvirtuais.blogspot.com/
Apenas mais um dos milhares de alunos do COF. Non nobis Domine.

Descoberta de animal marinho por geóloga é datado com incríveis 890 milhões de anos!

Um estudo publicado no periódico científico Nature traz os resultados surpreendentes das pesquisas da geóloga Elizabeth Turner. A pesquisadora norte-americana conseguiu datar os registros fósseis de uma esponja-marinha (Scalarispongia Scalaris) em quase 900 milhões de anos! Nunca os cientistas foram tão longe na datação de uma criatura. Os restos mortais da criatura marinha foram encontrados por Turner na região Noroeste do Canadá, uma região que, na pré-História, era inundada pela água do mar, e que atualmente é caracterizada por montanhas íngremes.

A geóloga descobrira as rochas nas quais os restos mortais do animal estavam fossilizados numa região remota, acessível apenas por meio de helicóptero; Turner escava nesse sítio desde os anos de 1980. O artigo da Nature explica que as seções finais da rocha continham estruturas tridimensionais que se assemelhavam a esqueletos de Scalarispongia Scalaris, as esponjas-marinhas. A datação das camadas adjacentes de rocha indica que as amostras têm aproximadamente 890 milhões de anos! Isto implica dizer que a descoberta é cerca de 350 milhões de anos mais velha do que os fósseis de esponjas mais antigos já descobertos pelo homem.

Em função da carência de consenso científico sobre a realidade da vida na Terra no passado remoto de um bilhão de anos, os debates sobre as descobertas da Dra. Turner continuarão. O consenso sobre a antiguidade do surgimento da vida no planeta defende a estimativa de 3,7 bilhões de anos. Os primeiros animais, no entanto, surgiram muito tempo depois, mas o momento preciso do surgimento da vida ainda é objeto de debate entre muitos cientistas. Até o momento presente, os fósseis de esponjas mais antigos datam de cerca de 540 milhões de anos atrás, do período geológico conhecido como Cambriano.

Com informações da Revista Veja e do periódico científico Nature.

“A finalidade das ciências naturais não é apenas aceitar as afirmações de outros, mas investigar as causas que existem na natureza”.

Santo Alberto Magno

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

CRÔNICA丨Perda

Afrânio era um aprendiz de tipógrafo na Corte que, depois do trabalho nas oficinas da Rua da Guarda Velha,...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img