23.6 C
São Paulo
domingo, 19 setembro, 2021

MEC terá programação educativa na TV Brasil

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Emissora pública está investindo em multiprogramação

Segundo a coluna do Ricardo Feltrin, no UOL, o Governo Federal, através do Ministério da Educação (MEC), investirá em programação educativa, em grade especializada em ‘novo canal’ da TV Brasil. A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) é a responsável pela administração dessa TV pública e está investindo na chamada multiprogramação, que consiste em subdividir o sinal em até quatro canais da mesma emissora.

A multiprogramação permitirá que a TV Brasil tenha um canal especializado em educação, cujo custo foi estimado pelo colunista em R$50 a R$100 milhões ao ano. Porém, o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, ainda negocia o projeto e não há contrato ou relatório disponível, não sendo possível verificar a informação do colunista. Feltrin assumiu que não possui a informação de quanto custará a empreitada.

O MEC, no entanto, nega que será gasto o montante previsto acima, mas não informou valores

– Ricardo Feltrin, UOL

Palavra do MEC

O MEC enviou nota à UOL negando a informação sobre os supostos valores envolvidos na manutenção da programação educativa na TV Brasil.

O Ministério da Educação informa que está em fase final de negociação com a EBC um contrato de um novo canal de TV público. Neste novo contrato serão atendidos projetos educativos, além de diversos outros serviços.

A pasta ressalta que essa é uma iniciativa desta administração e que o objetivo é economizar, racionalizar e melhorar os processos de gestão.

O valor que está sendo negociado é muito abaixo do informado (notada coluna: estimado) pelo UOL.

Atenciosamente, Ascom/MEC

NOta do mec à coluna de ricardo feltrin no uol

A EBC não respondeu aos e-mails enviados pelo colunista, conforme disse em sua própria coluna, não sendo possível confirmar as informações.

Influência de Olavo de Carvalho

Ainda segundo o colunista, a nova programação educativa focará em telecursos, podendo servir de reforço aos pais que optaram por ensinar seus filhos através do sistema de homeschooling. O filósofo e escritor Olavo de Carvalho teria influência na grade dos telecursos, porém, essa afirmação não foi confirmada pelo MEC, nem pela EBC.

Especulações não confirmadas rondas a EBC

Em 18 de junho deste ano, o colunista Lauriberto Pompeu publicou uma matéria em O Estado de São Paulo (Estadão) afirmando que o Governo Federal pretende criar um telejornal de boas notícias, através de negociação do Ministro Fábio Faria com a diretora de jornalismo da EBC, Sirlei Batista.

Após a publicação da matéria, o Ministro Fábio Faria informou não ter participado de qualquer conversas sobre o telejornal. Em nota à reportagem, a EBC informou que há diversos pilotos de programas em desenvolvimento e negou a interferência de membros do Governo Federal na grade.

Frisamos que temos vários pilotos de programas na esteira de desenvolvimento, incluindo o ‘Bom de Ver’, ainda em fase inicial, cujo foco é a divulgação de notícias positivas da sociedade em geral.

Oportuno dizer que nenhum membro do governo federal solicitou a criação de material e/ou programa

Trecho da nota da EBC ao Estadão, disponibilizado na matéria de Lauriberto Pompeu

Com informações da Coluna Ricardo Feltrin, no UOL, e Lauriberto Pompeu, no Estadão (Política)


O jornalismo moderno tem uma coisa a seu favor. Ao nos oferecer a opinião dos deseducados, ele mantém-nos em dia com a ignorância da comunidade.

– Oscar Wilde

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img