O caso extraordinário pode ter relação direta com tratamento contra um câncer

O veículo de comunicação britânico BBC noticiou, há três dias, o provável caso mais incomum de Covid-19 já registrado: trata-se do cidadão inglês Dave Smith de 72 anos que, no transcurso de 290 dias, pouco menos de 10 meses, testou positivo para Covid-19 não menos do que 43 vezes. Dave estava sob tratamento contra uma leucemia, um tipo de câncer que afeta as células sanguíneas. Contudo, a possível relação entre o seu tratamento contra o câncer e o vírus do Covid, o que é imprescindível para a compreensão do caso, não fora abordada na matéria do periódico britânico.

Dave, músico e instrutor de autoescola, contraiu Covid-19 em março de 2020 e só conseguiu ver-se livre da doença quase 10 meses depois. Aos 72 anos e sob tratamento contra uma leucemia, o britânico, cujo sistema imunológico estava altamente debilitado em função das sessões de quimioterapia, contraiu Covid-19. Durante o seu tratamento — contra o câncer e contra o Covid-19 –, o idoso visitou o hospital sete vezes e perdeu 63 quilos de massa corporal.

A matéria da BBC leva à exaustão o suposto apelo emocional do caso e não apresenta nenhum estudo científico — das causas — com as devidas implicações que o tratamento contra o câncer representa nesse caso clínico. É evidente que a tônica da matéria é a maximização, com vistas a um sensacionalismo alarmante, do real impacto do Covid-19 nos infectados. Dave Smith curou-se, de acordo com a matéria, depois de tomar um “coquetel antiviral” cedido pela empresa de biotecnologia estadunidense Regeneron. O arremate da matéria com o clichê “a única maneira de comprovar a eficácia é por um estudo adequado“, é explicitamente inconclusivo.

Com informações do portal TecMundo e da BBC.

“Em tempos de engano universal, falar a verdade torna-se um ato revolucionário”.

George Orwell.

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views :