21.9 C
São Paulo
segunda-feira, 29 novembro, 2021

Idoso britânico testa positivo 43 vezes para Covid-19 durante 10 meses

Revista Mensal
Vitor Marcolinhttps://lletrasvirtuais.blogspot.com/
Apenas mais um dos milhares de alunos do COF. Non nobis Domine.

O caso extraordinário pode ter relação direta com tratamento contra um câncer

O veículo de comunicação britânico BBC noticiou, há três dias, o provável caso mais incomum de Covid-19 já registrado: trata-se do cidadão inglês Dave Smith de 72 anos que, no transcurso de 290 dias, pouco menos de 10 meses, testou positivo para Covid-19 não menos do que 43 vezes. Dave estava sob tratamento contra uma leucemia, um tipo de câncer que afeta as células sanguíneas. Contudo, a possível relação entre o seu tratamento contra o câncer e o vírus do Covid, o que é imprescindível para a compreensão do caso, não fora abordada na matéria do periódico britânico.

Dave, músico e instrutor de autoescola, contraiu Covid-19 em março de 2020 e só conseguiu ver-se livre da doença quase 10 meses depois. Aos 72 anos e sob tratamento contra uma leucemia, o britânico, cujo sistema imunológico estava altamente debilitado em função das sessões de quimioterapia, contraiu Covid-19. Durante o seu tratamento — contra o câncer e contra o Covid-19 –, o idoso visitou o hospital sete vezes e perdeu 63 quilos de massa corporal.

A matéria da BBC leva à exaustão o suposto apelo emocional do caso e não apresenta nenhum estudo científico — das causas — com as devidas implicações que o tratamento contra o câncer representa nesse caso clínico. É evidente que a tônica da matéria é a maximização, com vistas a um sensacionalismo alarmante, do real impacto do Covid-19 nos infectados. Dave Smith curou-se, de acordo com a matéria, depois de tomar um “coquetel antiviral” cedido pela empresa de biotecnologia estadunidense Regeneron. O arremate da matéria com o clichê “a única maneira de comprovar a eficácia é por um estudo adequado“, é explicitamente inconclusivo.

Com informações do portal TecMundo e da BBC.

“Em tempos de engano universal, falar a verdade torna-se um ato revolucionário”.

George Orwell.

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

CRÔNICA丨Perda

Afrânio era um aprendiz de tipógrafo na Corte que, depois do trabalho nas oficinas da Rua da Guarda Velha,...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img