12 C
São Paulo
terça-feira, 28 junho, 2022

DOSE DE FÉ | Santos Mártires da Nicomédia

Revista Mensal
Leônidas Pellegrini
Leônidas Pellegrini
Professor, escritor e revisor.

Ao se apresentarem voluntariamente ao imperador e escolherem morrer por Jesus, os 20 mil Mártires da Nicomédia impuseram uma de tantas humilhações ao carniceiro Diocleciano

Hoje é dia dos Santos Mártires de Nicomédia.

No ano 303, Diocleciano deu início à pior fase de sua Grande Perseguição contra os cristãos. O decreto publicado pelo imperador exigia que os cristãos prestassem culto aos deuses pagãos e a ele próprio, sob pena de morte em caso de recusa. Um dos servos de sua residência em Nicomédia (hoje Izmit, na Turquia), chamado Pedro, negou-se a tal ato de apostasia, e foi condenado a severa tortura, em que foi lacerado a ponto de perder vários pedaços de sua carne. No lugar das feridas, foi jogado vinagre. Depois, o mártir foi condenado à fogueira.

O martírio de São Pedro de Nicomédia causou um efeito contrário ao esperado por Diocleciano. Pouco após o incidente, cerca de 20 mil cristãos (número registrado no Martirológio Romano), homens, mulheres e crianças, apresentaram-se voluntariamente ao imperador e fizeram uma confissão pública de fé. Impressionados com o exemplo de fé e coragem, quatro oficiais da guarda imperial juntaram-se ao grupo, que foi massacrado sob as ordens do imperador genocida.

Ainda que esse número de 20 mil possa parecer hiperbólico, ele indica um número elevado e significativo de pessoas, e simboliza um sem-número, uma multidão de fiéis cristãos em defesa de sua fé diante de um tirano, sem medo de sua perseguição. Esses mártires, que voluntariamente entregaram suas vidas em honra a Nosso Senhor Jesus Cristo e na defesa de sua fé, constituem modelo de coragem inabalável, fidelidade e amor incondicional a Deus. Seu martírio, na verdade, foi uma de tantas humilhações sofridas por Diocleciano, que, por mais terror que impusesse aos cristãos, jamais conseguiu exterminá-los ou amedrontá-los (antes, encorajou-os).

Santos Mártires da Nicomédia, rogai por nós!

 

Aos Mártires da Nicomédia, santos pra mais de mil

 

Quando o cruel imperador

Diocleciano, o boçal,

contra Deus declarou guerra,

acabou se dando mal,

pois quem ele perseguiu

transformou-se em mais de mil.

 

Assim foi quando um criado

cruelmente fez morrer,

e milhares, logo após

à sua casa foram ter,

e aquele um que ele extinguiu

transformou-se em mais de mil.

 

O imperador, assustado

com aquela multidão,

prometeu-lhes paz e bens

se não fossem mais cristãos,

mas o que ele conseguiu

foi cristãos pra mais de mil.

 

O povo não quis saber

de chantagens e ameaças,

e muito mais numerosa

ficou a fiel populaça

quando mais gente se uniu

aos cristãos pra mais de mil.

 

Aos fiéis ainda se uniram

quatro guardas imperiais,

que ali mesmo resolveram

só a Cristo ser leais,

e tudo que ali se viu

foi cristãos pra mais de mil.

 

O possesso Diocleciano

mandou matar todo mundo,

homens, mulheres e crianças,

humilhado e furibundo,

e só o que ele conseguiu

foi mártires mais de mil.

 

Naquele dia, no Céu

houve festa, gáudio e palmas,

pois de uma só vez chegaram

milhares de santas almas,

e Nosso Senhor sorriu

com santos pra mais de mil.


Este conteúdo é exclusivo para assinantes da Revista Esmeril. Assine e confira as matérias dessa edição e de todo nosso acervo.

- Advertisement -spot_img

2 COMENTÁRIOS

  1. ESMERIL, MUITO BEM PENSADO. DE F ATO ME INTERESSA UMA REVISTA QUE ESMERILHA A PONTA PARA APROFUDAR A VERDADE QUE A TANTO SE ESCONDE NUM PAÍS QUE, JULGA-SE CRISTÃO! A BEM DA VERDADE ESTA REVISTA, VEM MOSTRAR , FATOS, TRAZER A LUME,A REALIDADE DOS QUE HOJE LEMOS NUMA HISTÓRIA QUE FOI, E TORNAR-SE-A VIVA EM DIAS, HORAS? O ETERNO AINDA MANTÉM SUAS MISERICÓRDIA.

  2. Naquele dia, no Céu

    houve festa, gáudio e palmas,

    pois de uma só vez chegaram

    milhares de santas almas,

    e Nosso Senhor sorriu

    com santos pra mais de mil.

    Santos Mártires da Nicomédia, rogai por nós!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Finados

Finados   I Dos bisos conheci o Nona e a Nono, avós do pai, bem pouco conhecidos, na verdade, em seus mundos recolhidos, alçados quase...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img