31 C
São Paulo
quinta-feira, 27 janeiro, 2022

DOSE DE FÉ | Apóstolo André

Revista Mensal
Leônidas Pellegrini
Professor, escritor e revisor.

Discípulo de São João Batista, Santo André está entre os quatro primeiros Apóstolos de Cristo, e sua última oração exalta a Santa Cruz como o caminho da eterna glória

Hoje é dia da Santo André, apóstolo.

Irmão de Simão Pedro, André, que fora discípulo de João Batista, está entre os primeiros apóstolos a ser chamado por Jesus para segui-Lo. Nos Evangelhos de Mateus e de Lucas, ele é o segundo na lista dos Doze. No Evangelho de Marcos e nos Atos, o quarto.

André começou seu apostolado no fortalecimento da Igreja nascente na Palestina, e depois continuou seus trabalhos principalmente pela Grécia (o papa Bento XVI o chama “Apóstolo a Grécia”). Quando em Patras, após ser responsável por um expressivo crescimento da comunidade cristã na região, com a conversão, inclusive, da esposa do procônsul Egeu, subordinado de Nero, foi submetido a julgamento e martirizado, tendo sido torturado e crucificado. Assim como seu irmão Pedro, pediu para que sua crucifixão não fosse igual à de Jesus, e assim foi pregado em uma cruz decussata, em formato de X (originando-se, aí, a Cruz de Santo André, que figura nas bandeiras da Escócia, de onde é Padroeiro, e do Reino Unido).

O xis da bandeira da Escócia, assim como na do Reino Unido, representa a Cruz de Santo André

Segundo a Paixão de André, relato do século VI, as palavras do apóstolo, por ocasião de seu martírio, são as seguintes:

 

Salve, ó cruz, inaugurada pelo corpo de Cristo e adornada por seus membros como se fossem pérolas preciosas. Antes que o Senhor subisse em ti, inspiravas um medo terreno. Agora, dotada de um amor celeste, és aceita como um presente. Os crentes sabem da grande glória que possuis e da quantidade de dádivas que tens preparada. Venho a ti, por isso, confiante e cheio de alegria, para que também me recebas exultante como discípulo daquele que foi suspenso em ti. Ó cruz abençoada, que recebeste a majestade e a beleza dos membros do Senhor! Toma-me, leva-me para longe dos homens e entrega-me ao meu Mestre, para que através de ti eu seja recebido por aquele que por ti me redimiu. Salve, ó cruz; sim, salve verdadeiramente!

 

Esta oração inspirou os dois poemas de hoje.

Santo André, rogai por nós!

 

A última oração de André

 

Salve, ó cruz pelo Cristo inaugurada,

e ornada por Seus membros sacrossantos

qual joias, salve, ó cruz abençoada!

 

Medos terrenos inspiravas tantos

antes que meu Senhor subisse em ti,

mas júbilo hoje inspiras, e não prantos.

 

Tuas glórias conhecem os que aqui

creem em Cristo, e as dádivas futuras

reservadas aos filhos do Rabi.

 

Sagrada cruz que o Mal do mundo curas,

confiante e animado agora venho

a ti rogar: conduz-me às plagas puras,

 

por meio do martírio neste lenho,

pra que meu Mestre encontre sem demora,

e em ti me prostro, e alegre me mantenho.

 

A ti, que Cristo recebeste outrora,

e ornada foi por Sua majestade,

eu suplico: daqui me leve embora,

 

para longe da humana urbanidade.

Junto ao meu mestre eu quero estar somente,

e saciar pra sempre esta saudade.

 

Cruz santa, salve verdadeiramente!

 

Oração de Santo André, estando o Apóstolo para morrer

 

Abençoada sejas, cruz sagrada,

marcando com um xis a minha morte.

Que à vida eterna seja passaporte

a angústia a mim agora reservada.

 

De Cristo que eu padeça a mesma sorte,

nesta lenha por Ele ornamentada,

neste lenho que é a última cruzada

ao fiel que O ama e O adota como Norte.

 

Para longe de toda humana lida,

pra perto do Senhor, ó cruz querida,

leva-me agora, ó sacrossanta cruz,

 

é lá onde eu quero estar eternamente.

Cruz santa, salve verdadeiramente,

e leva-me pra junto de Jesus!


Assine Esmeril e tenha acesso a conteúdo de Alta Cultura. Assine!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Finados

Finados   I Dos bisos conheci o Nona e a Nono, avós do pai, bem pouco conhecidos, na verdade, em seus mundos recolhidos, alçados quase...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img