É praxe, queridos leitores, desejar um feliz natal quando chega dezembro, encerrando o ano. Para fazer do cumprimento um gesto, esta edição presta um Tributo à Reforma. Quem vê longe e pensa honestamente sabe o quanto os evangélicos têm feito pelo mundo. Sabe ainda o peso dessa vertente cristã no Brasil. No mês que se comemora o nascimento de Cristo, foi dela que fizemos a nossa perspectiva.

Vida e Legado procura demonstrar a vida póstuma das atitudes e ideias de Lutero, em comparação à situação preocupante que assola a igreja católica em nossos dias.

A entrevista com Nikolas Ferreira, o ativista-prodígio do Direita Minas, mostra na prática, em Política e Sociedade, como os cristãos encaram a responsabilidade política no contexto de turbulência e esperança que enfrentamos.

Perfil delineia a relevância profunda, nunca suficientemente sublinhada, de João Calvino à cultura do ocidente.

Preste atenção ao termo “agendado”, definido em As palavras que usamos, para entender melhor a passagem de um ativista de longa data pelo renomado movimento Vem Pra Rua, narrada por ele mesmo na seção Ativismo em pauta.

CrossRoads tematiza a presença da religião na cultura pop das Irlandas, equanto Uma imagem para guardar revela a influência de Savonarola, um precursor da Reforma, sobre a única tela assinada pelo virtuose da pintura renascentista Sandro Botticelli.

Recorde que amor pelas tradições natalinas é sempre mais forte que o arbítrio revolucionário na seção Ensaio, seguida de uma análise do filme Cristiada, obra-chave sobre a perseguição política aos cristãos, na seção A beleza importa ― criada para honrar o juízo de Roger Scruton, alma que fica para sempre conosco, ainda que seu corpo dê provas de um cansaço comovente.

O composto Governança & Estratégia é indicado, com não poucos fundamentos, como uma “super agenda política” na seção de mesmo nome. Problemas Nacionais propõe, em espírito natalino, um balanço provisório do primeiro governo genuinamente liberal-conservador do Brasil, após décadas de modelos políticos estatistas, socialistas ou beirando o totalitarismo.

Ordem do dia oferece um panorama sobre o que protege os evangélicos da infiltração ideológica, e o que torna os católicos vulneráveis à má-fé do cálculo político. Por outro lado, a força de um católico que virou santo, espalhando luz e beleza da Europa ao Japão, é tema da seção A alta cultura está morta?, devotada a homenagear personalidades eternas.

Consciente do quanto o establishment faz mal à saúde, Viver Bem traça um modo saboroso de manter a boa-forma e o sabor irresistível da gordura ao mesmo tempo, além de sublinhar os aspectos basilares de uma educação financeira eficaz às nossas crianças.

Descubra o caminho à província que viu Lutero nascer em Turismo & História. E por último, abra a seção E o povo com isso? e pergunte a si mesmo se os atos políticos mais fundamentais não integram, desde que o mundo é mundo, cada biscoito ou mazela de família.

Divirta-se. Descanse. Revigore-se. Cada pessoa merece, nesta data, fazer bom uso de seu tempo livre.

Este, querido leitor, é o modo Esmeril de desejar a você Feliz Natal.


O meme de capa é de Marcelo Ferreira.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :