Obsceno e ressentido, o escritor, que impressiona mais pelo conteúdo do que pela forma da sua narrativa, é lembrado pelo esforço em exprimir a realidade da inadequação do indivíduo ao mundo

Ainda que o indivíduo seja o agente ativo da sua própria inadequação, ignorar esta realidade, sob pretextos moralistas, é fechar os olhos para a dinâmica da alma racional penitente do pecado original; é capar os próprios sentidos. Miller, assim como os outros escritores que conquistaram a atenção dos leitores primeiro entre os marginalizados dos “bons costumes”, decidiu romper com a sua própria hipocrisia rompendo com as convenções de estilo na literatura.

A história dos esforços da literatura em exprimir a condição humana prova que não há necessidade em mudar profunda e, muitas vezes, irresponsavelmente as convenções dos estilos para dar forma às experiências individuais. É perfeitamente possível contar a história de uma vida através do equilíbrio e da sobriedade das palavras; sem causar escândalo com este ou aquele termo, com esta ou aquela descrição que não perdoa a sensibilidade do leitor. No entanto, às vezes o escritor, cansado de lutar contra as suas próprias convenções, abandona todos os parâmetros para se concentrar unicamente na sua própria voz. É um grande risco.

O resultado, objetivamente, não poderia agradar a todos. Na literatura, quando se rompe com as convenções da crítica, com os parâmetros, com as normas estabelecidas da “boa escrita”, é natural que aquilo que é produzido sob essa atitude de “divórcio” seja qualitativamente questionável. Em Henry Miller, porém, o valor da sua literatura esconde-se sob a sua vulgaridade: sua sinceridade. Se vale a pena lê-lo? Só a experiência dirá.

Miller morreu no dia 7 de junho de 1980, em Los Angeles, Califórnia.

Com informações do portal History UOL.

“O homem que confessa os seus pecados, os seus crimes ou os seus erros nunca é o mesmo que os cometeu”.

Henry Miller.

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar