19.4 C
São Paulo
quinta-feira, 28 outubro, 2021

Frutos na velhice: engenheiro de 82 anos constrói máquina para purificação de água

Revista Mensal
Vitor Marcolinhttps://lletrasvirtuais.blogspot.com/
Apenas mais um dos milhares de alunos do COF. Non nobis Domine.

A engenhoca é capaz de produzir milhares de litros d’água sob condições desérticas

Para comprovar que vossos velhos terão sonhos* um octogenário espanhol decidiu dar forma a um desses sonhos trazendo à existência uma máquina de fazer água. O equipamento coleta partículas de hidrogênio e oxigênio transportadas através do ar e as converte em água própria para o consumo. O sonhador, um engenheiro, chama-se Enrique Veiga, de 82 anos.

Enrique Veiga inspecionando os equipamentos de processamento de água. Fonte: Razões para Acreditar

Enrique desenvolvera o protótipo do equipamento no final dos anos 1990 a fim de ajudar nos esforços contra a grande seca que atingira o Sul da Espanha à época. Este protótipo fora a gênese de um empreendimento que, atualmente, dedica-se à criação de soluções para as comunidades carentes nas quais o acesso à água potável é um verdadeiro desafio. Nos últimos anos, Veiga obteve sucesso em ajudar diferentes comunas espanholas e aldeias na Namíbia e no Líbano.

“Quando instalamos a máquina nas aldeias que visitamos na Namíbia, eles ficaram maravilhados, não compreenderam, perguntaram de onde vinha a água”.

Enrique Veiga

O engenheiro explicou que sua invenção — aparentemente ainda não batizada — usa a eletricidade para esfriar o ar e levar a água ao estado condensado. Enrique pôde adaptar o equipamento a diferentes realidades climáticas: ambientes úmidos e frios ou quentes e secos, sob todos os climas Enrique consegue dar água aos sedentos. As máquinas construídas pela sua empresa podem operar em locais extremos, a temperaturas de 40 graus Celsius e umidade entre 10% e 15% — sob o clima de deserto.

Centenas de pessoas podem ser beneficiadas com o processamento de água de Enrique Veiga. Fonte: Razões para Acreditar

Atualmente, as máquinas catalisadoras têm capacidade para produzir até 5 mil litros d’água — o que é suficiente para abastecer uma vila pequena por vários dias. Em função da enorme dificuldade que milhares de pessoas que vivem nos ermos longínquos da África e da Ásia têm para encontrar água potável, as máquinas de Enrique são, objetivamente, aliadas indispensáveis. Esperamos que o vovô espanhol traga suas engenhocas para o Nordeste do Brasil.

“Nossa ideia não é apenas fazer um aparelho que seja eficaz, mas também útil para quem precisa caminhar quilômetros para buscar água ou cavar poços”.

Veiga

Com informações do portal Razões Para Acreditar.

“Aquele que tem uma profissão tem um bem; aquele que tem uma vocação tem um cargo de proveito e honra”.

Benjamin Franklin

*“(…) vossos anciãos terão sonhos, vossos jovens terão visões”, livro do profeta Joel, III:1

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

CRÔNICA丨Perda

Afrânio era um aprendiz de tipógrafo na Corte que, depois do trabalho nas oficinas da Rua da Guarda Velha,...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img