19.4 C
São Paulo
domingo, 5 dezembro, 2021

Esquisito: 5 efeitos dos exercícios físicos sobre o corpo humano

Revista Mensal
Vitor Marcolinhttps://lletrasvirtuais.blogspot.com/
Apenas mais um dos milhares de alunos do COF. Non nobis Domine.

São consequências fisiologicamente inofensivas, mas moralmente preocupantes

Os antigos gregos cultuavam o corpo humano. No berço da Filosofia os cuidados com a aparência física eram componentes de uma cosmovisão filosófica cuja tônica era o equilíbrio entre a mente e o corpo — pelo menos do corpo masculino. Passam-se as eras. De ingresso na modernidade esses cuidados, esvaziados de qualquer elemento que esboçasse uma reflexão filosófica, tornaram-se meros exercícios físicos de recreação para aqueles que estendem o fascínio com a descoberta do próprio corpo para muito além da primeira infância.

É fato que, com moderação e equilíbrio — e propósito –, o exercício físico traz benesses objetivas para o indivíduo. Não é somente o humor e o sono que melhoram depois de uma caminhada: a inteligência, levada para passear, tem um salto qualitativo significativo. Escritores, cientistas e filósofos relatam que, depois de estirarem as pernas numa caminhada revigorante, voltaram para casa com a solução de problemas cabeludos. No entanto, para aqueles que levam o próprio esqueleto — com músculos e tudo o mais — ao extremo dos esforços físicos, há alguns efeitos estranhos.

Os mais leves, considerados “inofensivos”, pelo menos do ponto de vista fisiológico, variam desde tremedeiras à vontade de evacuar. Queira conferir:

I. Espirros e nariz escorrendo

É estranho, mas as pessoas que despendem esforços físicos de intensidade média à pesada nos ginásios, academias, praças, praias ou no próprio quarto, são afetadas pelos sintomas da Rinite. Ainda que o sujeito não padeça do mal das alergias, segundo o artigo científico, ele pode apresentar sintomas como coriza, congestão e espirros. O motivo não é claro, mas a suspeita dos entendidos é a de que os esforços físicos provoquem uma constrição dos vasos sanguíneos do nariz desencadeando, assim, aqueles sintomas típicos de uma reação alérgica.

II. Tremedeira

É perfeitamente normal tremer feito vara verde depois de um treino pesado, segundo os autores do artigo. Isso acontece em função da fadiga muscular pura e simples; mas o baixo nível de açúcar no sangue, a desidratação ou a ingestão demasiada de cafeína podem influir significativamente na potência das tremedeiras. Recomenda-se, portanto, moderação no consumo dessas substâncias.

III. Vontade de evacuar e flatulências

O esforço físico tem um efeito potencialmente embaraçoso para o indivíduo: ele acelera o processo de digestão. Daí as flatulências e, não obstante, algo mais substancial: a vontade frequentemente urgente de evacuar. É evidente que, para evitar o constrangimento, o sujeito esteja devidamente aliviado antes de suar na academia.

IV. Coceira nas pernas

Este efeito se dá como consequência do aumento do fluxo sanguíneo. As células capilares na região das pernas expandem-se e estimulam as células nervosas. Daí a sensação de coceira. É normal que o desconforto aconteça durante o início dos exercícios físicos; no entanto, em função do tempo, quando a prática tornar-se um hábito, o frenesi das coceiras tende a arrefecer.

V. Gosto de ferro na boca

Provavelmente, este é o efeito mais estranho e incompreensível desta lista. Os cientistas não sabem dizer ao certo o porquê de algumas pessoas relatarem um estranho gosto de ferro — ou sangue — na boca depois de exercícios pesados. Há a hipótese do efeito estar relacionado às restaurações dentárias, cáries, irritação das mucosas, ou à penetração de glóbulos vermelhos nos tecidos pulmonares. É certo que se trata de um sinal evidente de que o indivíduo está excedendo os limites do seu próprio corpo.

Com informações do CanalTech e da revista LifeHacker.

“O exagero é sempre a exageração de algo que não o é”.

José Ortega y Gasset

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

CRÔNICA丨Perda

Afrânio era um aprendiz de tipógrafo na Corte que, depois do trabalho nas oficinas da Rua da Guarda Velha,...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img