23.5 C
São Paulo
sábado, 28 maio, 2022

DOSE DE FÉ | Sebastião

Revista Mensal
Leônidas Pellegrini
Professor, escritor e revisor.

Cristão infiltrado no exército romano, São Sebastião passou por dois martírios até ser convocado às tropas celestiais

Hoje é dia de São Sebastião, Mártir.

De família cristã, nascido na cidade de Narbona, na França, em 256, ainda pequeno mudou com a família para Milão, onde cresceu e estudou. Resolveu seguir a carreira militar do pai, destacando-se a ponto de chegar a 1º Capitão da Guarda Pretoriana do exército romano.

De acordo com escritos de Santo Ambrósio de Milão, o Capitão Sebastião teria se alistado no exército romano com a única intenção de apoiar os cristãos perseguidos, confortando-os e animando-os na fé.

Na época, o Império era dividido entre Diocleciano, no Oriente, e Maximiano, no Ocidente. Quando Maximiano descobriu que havia cristãos infiltrados no exército, passou a persegui-los. Os soldados eram expulsos, mas os oficiais eram obrigados a prestar culto aos deuses pagãos ou ao imperador, ou eram martirizados. Foi o que houve com Sebastião, que, sob as ordens de Maximiano, para servir de exemplo, foi amarrado a um poste do estádio de Palatino e cravado de flechas. No entanto, foi retirado com vida de seu suplício e tratado por uma cristã chamada Irene.

Depois de curado, não desanimou: continuou evangelizando e apresentou-se pessoalmente a Maximiano, censurando-o e insistindo para que ele parasse de perseguir e matar cristãos. Desta vez, o imperador ordenou que o ex-capitão fosse espancado até a morte no ano de 288. Seu corpo foi jogado em uma fossa para que ninguém o encontrasse. No entanto, em uma visão do próprio Sebastião, uma cristã chamada Lucina foi informada do lugar onde ele poderia ser encontrado. Assim, seu corpo foi resgatado e enterrado nas catacumbas da Via Ápia, onde posteriormente foi erigida a Basílica de São Sebastião.

Interior da Basílica de São Sebastião, em Roma

Modelo de coragem e fidelidade a Cristo, São Sebastião é invocado contra pestes, doenças em geral e calamidades.

São Sebastião, rogai por nós!

 

Os dois martírios de Sebastião

 

Quando foi denunciado, Sebastião,

negando-se a demônios venerar,

atado foi a um poste, e a lhe flechar

foi colocado todo um batalhão.

 

No entanto, foi tratado o capitão,

e, bem curado, fez-se anunciar

a seu algoz, tentando o iluminar

a não mais perseguir o fiel cristão.

 

Irado, o imperador determinou

que fosse novamente supliciado

o ex-capitão, que foi então surrado

 

até que toda força o abandonou,

e aos batalhões celestes convocado,

ao Rei dos Reis, leal, se apresentou.


Gosta do nosso conteúdo? Assine a Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Finados

Finados   I Dos bisos conheci o Nona e a Nono, avós do pai, bem pouco conhecidos, na verdade, em seus mundos recolhidos, alçados quase...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img