23.6 C
São Paulo
domingo, 19 setembro, 2021

Castelo Medieval do Séc. XXI

Revista Mensal
Vitor Marcolinhttps://lletrasvirtuais.blogspot.com/
Apenas mais um dos milhares de alunos do COF. Non nobis Domine.

Entusiastas das técnicas de construção do período medieval estão construindo um castelo à moda antiga

Atualmente, a França vive tempos estranhos: catedrais suntuosas e antiquíssimas são destruídas para dar lugar a mesquitas muçulmanas; padres e religiosos católicos sofrem ataques que, em muitos casos, são fatais, infelizmente; símbolos cristãos em locais públicos são substituídos pela disformidade das construções contemporâneas cujo o máximo de religiosidade consiste unicamente no culto ao vazio existencial simbolizado pelas suas formas.

Contudo, ainda há resistência. Não consta na redação das grandes empresas de mídia, porém, grupos de pessoas preocupadas com o avançado estágio de destruição da sua civilização reúnem-se com o propósito de somar esforços; pequenos, claro, mas significativos esforços de restauração.

Canteiro de obras do Castelo de Guédelon. Fonte: divulgação

Na França, um projeto que congrega entusiastas do período medieval está levando adiante um projeto extraordinário: construir um castelo medieval valendo-se somente das técnicas e ferramentas disponíveis naquele período. O castelo de Guédelon, idealizado por arquitetos, historiadores e arqueólogos nos anos 1990, está em avançado estágio de construção.

Localizado nas cercanias do vilarejo de Treigny, uma comuna no centro do território francês, o castelo começou a ser construído em 1997 e sua conclusão está prevista para o ano de 2025. Nessa região não há vestígios de edificações medievais previamente existentes. O castelo de Guédelon está sendo construído do zero a partir das antigas técnicas, sistemas e ferramentas disponíveis aos maçons (pedreiros, em francês) no longínquo século XII.

Trabalho minimalista. Fonte: Castelo de Guédelon/Reprodução

O grupo que se dedica diariamente à construção é composto por 70 trabalhadores que, para além do serviço braçal pesado, dedicam-se também à decoração e ao artesanato da época. Jacques Moulin é o chefe do projeto, ele está à frente do Monuments Historiques. O período histórico no qual o castelo está identificado é o do reinado de Philip II Augustus, que reinou na França de 1180 a 1223. Seu reinado fora marcado por intensa atividade bélica, e isto pode ser observado em Guédelon.

Elementos consagrados pelo romantismo do século XIX sobre o mundo medieval dos séculos XII e XIII estão presentes na construção: plantas térreas poligonais; grandes paredes de pedra; torres arredondadas com uma única abertura cuja posição é escalonada em cada andar; uma torre de esquina, maior e mais alta do que as outras, conhecida como tour maîtresse, e ainda duas torres que protegem o portão principal.

O castelo está em avançado estágio de construção. Fonte: Castelo de Guédelon/Reprodução

No site oficial do projeto é possível acompanhar todos os estágios da construção iniciada em 1997.

“Como um pássaro em seu ninho, nós coletamos materiais do entorno para construir o castelo”.

Equipe de obras do castelo de Guédelon

Com informações do site de arquitetura ArchDaily Brasil e do site oficial do projeto.

“Se quisermos preservar a cultura, devemos continuar a criá-la”.

Johan Huizinga, Historiador

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

CRÔNICA丨Perda

Afrânio era um aprendiz de tipógrafo na Corte que, depois do trabalho nas oficinas da Rua da Guarda Velha,...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img