1. O preço da in$egurança

Já repararam nas alturas de muros das grandes cidades e até mesmo das pequenas? Cercas elétricas, câmeras, cacos, lanças, espinhos e todo tipo de gambiarra que de alguma forma afugente ou dificulte ao marginal invadir a propriedade. Em alguns lugares, andar na rua se torna impraticável. A falta de segurança, como s enão bastasse sem um problema em si, ainda encarece o custo de vida.

Ela tem custado mais de 350 milhões por ano. Quase 5% do PIB brasileiro é gasto com segurança privada e equipamentos. Os governos gastam valor semelhante em segurança pública. Gastamos muito e o problema persiste.

Dentre vários problemas gerados pela insegurança, incluem-se o aumento do custo do setor produtivo, dos seguros e de pessoal. Os prêmios de seguros de mercadoria podem alcançar até 30% do valor do produto. Portanto, todo o gasto com roubo de mercadoria, muros, sistema de monitoramento, escolta armada é repassado para o consumidor. Como se não bastasse a carga tributária e a burocracia, a insegurança morde também boa parte dos nossos ganhos.

Não por acaso, portanto, o atual governo trabalha em soluções para diminuir a criminalidade como um todo.

Um exemplo é a criação de um sistema de dados integrados para auxiliar nas políticas públicas de segurança. Mesmo assim, é preciso criar um órgão que trate esses dados de forma apropriado para ser útil no serviço de inteligência. Para melhorar este cenário caótico, á muito trabalho pela frente.

Os maiores entraves a ser combatidos, como sempre, são os políticos de esquerda associados ao crime organizado (FARCS, PCC, CV etc), agentes esquerdistas que integram a estrutura do poder judiciário e o ultrapassado código penal, cujo aprimoramente é urgente, uma vez que o pacote anticrime tal como aprovado ficou longe do ideal.

2. Senhor (a) … isto é para sua segurança …

Quem nunca ouviu um guardinha de parque, uma aeromoça ou até mesmo um vagabundo sindicalista da CIPA querendo nos reprender com os seguintes dizeres: “senhor (a) isto é para sua própria segurança”? Um pé no saco!

Desconfiem sempre que alguém vier com esta frase. Ela pode se resumir a um calhamaço de burocracias regulatórias; controle social com o simples e muito claro objetivo de nos roubar dinheiro.

Já viram a quantidade de normas que os prestadores de serviço e a indústria são obrigados a seguir? Beira o ridículo. Nem tecerei comentários sobre o caso do padrão de tomada, luz de farol acesa de dia ou cadeirinha de criança. É tudo para nos humilhar.

Até os anos noventa, era comum ver criança no banco da frente do carro sem cinto de segurança. Os tempos mudaram. O Leviatã nunca foi tão poderoso e controlador. Certa vez, disse Ronald Reagan:

“Os governos existem para nos proteger uns contra os outros; o governo vai além de seus limites quando decide proteger-nos de nós mesmos”

Mas o que queremos abordar nesta edição é como a segurança promovida pela Anvisa afeta nossa saúde.

A Anvisa deveria se limitar a controlar entrada e saída de produtos com riscos reais para a população e combater biopirataria. Ao invés disso, em nome do abuso de alguns, o governo resolve escravizar todos, e controlar de forma absurda as farmácias, produtos terapêuticos que fazem parte da cultura popular, ou práticas de tratamento marginalizadas pelo lobby da indústria farmacêutica, como a Ozonioterapia, auto-hemoterapia e o clorito de sódio, conhecido por MMS (Mineral Miracle Solution), que vem sendo testado em diversas patologias por Jim Humble e Andreas Kalcker.

Toda semana há uma lista de produtos proibidos. De suplementos para fisiculturistas vendidos nos EUA até um simples e inocente chá. Tudo isso em nome da segurança do cidadão. A causa da proibição é sempre a mesma: ou é problema no rótulo (já viram aquelas bizarrices do tipo Ovos, contém ovos?): ou se trata de um produto de que o burocrata nunca ouviu falar; ou a cura não foi comprovada (substância não autorizada).

Cura comprovada? Entendam bem, burocratas: uma garrafada, um chá ou qualquer outra substância não precisa de regulamentação, quando legitimada pela cultura popular.

3. Chás proibidos pela ANVISA

Como receita de hoje, indicaremos plantas para se fazer chás que foram proibidos pela Anvisa.

A Lippia alba (erva-cidreira, melissa) é usada para a elaboração de chá, principalmente pelos seus conhecidos efeitos calmante, analgésico e digestivo. Também é indicada como fitoterápico para ação expectorante, em casos de tosses causadas por gripes e resfriados, e utilizada para realização de compressas e banhos. Antiasmática, antidiarreica, antiespasmódica em cólicas hepáticas, sedante gastrointestinal e fortificante cerebral são outras propriedades relevantes.

É ainda destinada a combater afecções da pele e das mucosas, dores musculares e reumáticas, flatulências e laringite. A bebida feita com a infusão das folhas e flores frescas da Lippia alba, contudo, não deve ser ingerida por hipotensos.

A alcachofra possui propriedades anti-esclerótica, depurativa do sangue, digestiva, diurética, laxante, anti-reumática, anti-tóxica, hipotensora e anti-térmica. Por isso, essa planta medicinal pode ser utilizada para auxiliar no tratamento de anemia, aterosclerose, diabetes, doenças do coração, febre, fígado, fraqueza, gota, hemorroidas, hemofilia, pneumonia, reumatismo, sífilis, tosse, ureia, urticária e problemas urinários.

O chá de alcachofra é uma ótima opção para quem quer emagrecer rápido, uma vez que é diurético e desintoxicante, sendo capaz de limpar o organismo e eliminar gordura, toxinas e líquidos em excesso. É muito bom para tratamento contra fígado gorduroso.

Para fazer o chá, basta colocar numa xícara de água fervente 2 a 4 g das folhas de alcachofra e deixar repousar por 5 minutos. Em seguida deve-se coar e beber. Prendam a respiração que é extremamente amargo. Mas vale o sacrifício!

A moringa (moringa oleífera), também chamada de árvore da vida ou acácia branca, é uma planta medicinal milenar. Conhecida em muitos países, possui grande quantidade de vitaminas e minerais, como ferro, carotenoides, quercetina, vitamina C, entre outros, que proporcionam maior efeito antioxidante e anti-inflamatório.

Por esse motivo, essa planta vem sendo utilizada no tratamento de doenças respiratórias, diminuição da ansiedade, perda de peso e, inclusive, controle da concentração de glicose no sangue em pessoas diabéticas.

Para fazer o chá de moringa, basta colocar: 1 colher de sopa da erva em uma xícara e acrescentar 200 ml de água quente. Deixe descansar por 10 minutos.

fim

2 Comments

  1. Muito boa iniciativa!!!
    É fato o narrado, mas é fato também que o cadastro de todos, a biometria são parte da mesma agenda, a agenda da insegurança e sequestro do cidadão!
    “Si vis pacem, para bellum”, ou seja, sermos focados em nossa segurança é salutar, mas o impedimento do estúpido ser estúpido com ele mesmo não é, pois um estupido morto é menos um estúpido a fazer estupidez!
    A biometria só foi permitida quando a desonestidade arrogou ser normalidade, e não antes, antes minha palavra era o bastante, hoje até minha genética é cobrada por uma organização criminosa chamda estado! Se for rastrear as bloodlines das empresas de segurança privada iremos encontrar os parentes e acochados dos políticos, juizes, agentes de segurança pública.
    Ou seja, ELES CRIAM A CRIMINALIDADE SISTÊMICA PARA EMPLACAREM SUAS AGENDAS ENGESSANTES DA MASSA!
    E mesmo assim querem cadastrar a todos em nome da segurança?
    Com a biometria de qualquer pessoa é possível matar essa pessoa em qualquer lugar, e para entender isso basta estudar o comportamento de ondas!
    Ondas idênticas e em fase, ou seja no mesmo momento ondulatório, se contrárias, se ANULAM, se no mesmo sentido, se potencializam. Ou seja, se eu envio o sinal eletromagnético do coração de uma pessoa para ela, via antenas de telefone celular por exemplo, ela sofrerá uma arritmia, uma fibrilação ou um ataque cardíaco! É o clássico disque M para matar!
    E aí, eu pergunto, qual a razão dos governantes quererem ter nossas biometrias?
    Se eu tenho acesso ao gene de alguém (como o exigido para carteiras de habilitação profissional, por exemplo), eu posso cultivar uma cepa virótica que só ataque essa pessoa e suas consonâncias genéticas, ou seja, podemos matar toda a família de uma pessoa com esses dados!
    Fica mais do que claro que a agenda é bem mais sinistra do que a pintada!
    Mais, se através de leis todos são obrigados a aceitarem vacinas, todos ficam reféns de toda sorte de patologia e pior, controle remoto. Vamos aos fatos.
    Hoje se alardeia chips com tamanho de grãos de areia, e é evidente que só se divulga uma tecnologia quando já existe pelo menos 30 anos de defasagem, é dessa forma que se garante o domínio, e isso evidencia que hoje qualquer chip de ponta pode ser inserido via seringa hipodermica! E mais, já é assumido o uso de nano estruturas para “curar” doenças, e só alguém que cre em papai noel não percebe que o que cura mata também!
    Até hoje existe um mecanismo criminoso inventado pela corja do fhc que é chamado pipeline, esse mecanismo permite o repatentamento de qualquer remédio, bastando para isso que o remédio seja usado de outra forma, algo como patentera a água e depois patentear o gelo alegando ser diferente! Os remédios retrovirais foram alvo dessa agenda e o salafro lula alegou ter quebrado patente, mentira total, ele nunca fez isso, o que aconteceu é que esses remédios já estavam na segunda patenteada, ou seja, passaram os vinte anos da patente e os farmafiosos repatenteara graças à corrupção exacerbada do INPI, um dos mais criminais orgãos do brasil e esse é INTOCÁVEL, a sede em em Brasília, mas funciona no RJ junto com a máfia do MPF de lá!
    Fica patente que a agenda dos farmafiosos é a destruição do ser humano, póis só doentes precisam de remédios!
    mas aí fica apergunta evidente, se só doentes precisam de remédios, por que maldita razão as farmáfias permitiriam os remédios curando? O mesmo se aplica a todos os agentes de saúde, de segurança, de gerenciamento do caos, e sobretudo de injustiças, se houver justiça ninguém irá sustentar um salafro de toga e sua famíglia! É fundamental fomentar as injustiças e blindar os injustos!
    A arnica, uma planta milagrosa foi proibida para o público, agora não pode ser vendida tintura mãe de arnica! Mas a lista não acaba, a tal famigerada maconha era planta comum em qualquer jardim residencial na década de 20 no Brasil e em todos os outros países onde ela nascia. Graças ao lobbie da industria de algodão junto a industria do petróleo, dona dos agrotóxicos, a maconha foi proibida (maconha é um anagrama de canhamo) e hoje com as montoeiras de patentes feitas da dita, se busca de todas as formas liberar, até porque o cigarro de tabaco está sendo bombardeado e é preciso uma redundância para garantir os lucros! A proibição se deu porque o algodão é a cultura que mais recebe agrotóxico de todas, e a maconha além de não ser monopólio das grandes industrias garantia uma fibra superior, tanto é que as velas, dos barcos, as calafetações dos barcos e sobretudo as cordas dos barcos eram de canhamo, até o papel e texteis eram de canhamo até o sec 19.
    Só que maconha acalma e não permite o caos gerado pelo alcool, assim se alavancou o alcool, geraram o caos e o crime e sobretudo as sequelas do alcool serviram e servem para os lucros farmacológicos!
    Não basta as pessoas serem concervadoras, elas tem que começar a fazer análises epistemológicas, pois o mal está sobretudo na tolerãncia que permite ao salafro o direito de viver e fazer o que sabe fazer, salafragem! É por isso que se alavanca diversidade, pois o salafro é diverso, é por isso que se garante igualdade, pois o salafro sem igualdade é exterminado, é por isso que se garante comunismo/socialismo e democracia, pois com essas se dá o direito do salafro viscejar na desgraça coletiva, pois sem o caos, ele morre, ele é fruto exclusivo da desgraça e só na desgraça cresce forte e sadio. O salafro precisa da aquilatação por baixo, e a democracia, o comunismo e socialismo, garantem isso, pois quando se aquilata o capaz no patamar do incapaz, o parasita do produtor, e bandido de cidadão digno de pena, se garante o salafro forte e dominante! Ninguém é igual a ninguém, e entender que o lixo é igual e merece tolerância é garantir a intolerancia do lixo destruindo os capazes, afinal ele lixo na diversidade vale o mesmo que um capaz.
    Agradeço a atenção
    Obrigado

  2. Muito boa iniciativa!!!
    É fato o narrado, mas é fato também que o cadastro de todos, a biometria são parte da mesma agenda, a agenda da insegurança e sequestro do cidadão!
    “Si vis pacem, para bellum”, ou seja, sermos focados em nossa segurança é salutar, mas o impedimento do estúpido ser estúpido com ele mesmo não é, pois um estupido morto é menos um estúpido a fazer estupidez!
    A biometria só foi permitida quando a desonestidade arrogou ser normalidade, e não antes, antes minha palavra era o bastante, hoje até minha genética é cobrada por uma organização criminosa chamda estado! Se for rastrear as bloodlines das empresas de segurança privada iremos encontrar os parentes e acochados dos políticos, juizes, agentes de segurança pública.
    Ou seja, ELES CRIAM A CRIMINALIDADE SISTÊMICA PARA EMPLACAREM SUAS AGENDAS ENGESSANTES DA MASSA!
    E mesmo assim querem cadastrar a todos em nome da segurança?
    Com a biometria de qualquer pessoa é possível matar essa pessoa em qualquer lugar, e para entender isso basta estudar o comportamento de ondas!
    Ondas idênticas e em fase, ou seja no mesmo momento ondulatório, se contrárias, se ANULAM, se no mesmo sentido, se potencializam. Ou seja, se eu envio o sinal eletromagnético do coração de uma pessoa para ela, via antenas de telefone celular por exemplo, ela sofrerá uma arritmia, uma fibrilação ou um ataque cardíaco! É o clássico disque M para matar!
    E aí, eu pergunto, qual a razão dos governantes quererem ter nossas biometrias?
    Se eu tenho acesso ao gene de alguém (como o exigido para carteiras de habilitação profissional, por exemplo), eu posso cultivar uma cepa virótica que só ataque essa pessoa e suas consonâncias genéticas, ou seja, podemos matar toda a família de uma pessoa com esses dados!
    Fica mais do que claro que a agenda é bem mais sinistra do que a pintada!
    Mais, se através de leis todos são obrigados a aceitarem vacinas, todos ficam reféns de toda sorte de patologia e pior, controle remoto. Vamos aos fatos.
    Hoje se alardeia chips com tamanho de grãos de areia, e é evidente que só se divulga uma tecnologia quando já existe pelo menos 30 anos de defasagem, é dessa forma que se garante o domínio, e isso evidencia que hoje qualquer chip de ponta pode ser inserido via seringa hipodermica! E mais, já é assumido o uso de nano estruturas para “curar” doenças, e só alguém que cre em papai noel não percebe que o que cura mata também!
    Até hoje existe um mecanismo criminoso inventado pela corja do fhc que é chamado pipeline, esse mecanismo permite o repatentamento de qualquer remédio, bastando para isso que o remédio seja usado de outra forma, algo como patentera a água e depois patentear o gelo alegando ser diferente! Os remédios retrovirais foram alvo dessa agenda e o salafro lula alegou ter quebrado patente, mentira total, ele nunca fez isso, o que aconteceu é que esses remédios já estavam na segunda patenteada, ou seja, passaram os vinte anos da patente e os farmafiosos repatenteara graças à corrupção exacerbada do INPI, um dos mais criminais orgãos do brasil e esse é INTOCÁVEL, a sede em em Brasília, mas funciona no RJ junto com a máfia do MPF de lá!
    Fica patente que a agenda dos farmafiosos é a destruição do ser humano, póis só doentes precisam de remédios!
    mas aí fica apergunta evidente, se só doentes precisam de remédios, por que maldita razão as farmáfias permitiriam os remédios curando? O mesmo se aplica a todos os agentes de saúde, de segurança, de gerenciamento do caos, e sobretudo de injustiças, se houver justiça ninguém irá sustentar um salafro de toga e sua famíglia! É fundamental fomentar as injustiças e blindar os injustos!
    A arnica, uma planta milagrosa foi proibida para o público, agora não pode ser vendida tintura mãe de arnica! Mas a lista não acaba, a tal famigerada maconha era planta comum em qualquer jardim residencial na década de 20 no Brasil e em todos os outros países onde ela nascia. Graças ao lobbie da industria de algodão junto a industria do petróleo, dona dos agrotóxicos, a maconha foi proibida (maconha é um anagrama de canhamo) e hoje com as montoeiras de patentes feitas da dita, se busca de todas as formas liberar, até porque o cigarro de tabaco está sendo bombardeado e é preciso uma redundância para garantir os lucros! A proibição se deu porque o algodão é a cultura que mais recebe agrotóxico de todas, e a maconha além de não ser monopólio das grandes industrias garantia uma fibra superior, tanto é que as velas, dos barcos, as calafetações dos barcos e sobretudo as cordas dos barcos eram de canhamo, até o papel e texteis eram de canhamo até o sec 19.
    Só que maconha acalma e não permite o caos gerado pelo alcool, assim se alavancou o alcool, geraram o caos e o crime e sobretudo as sequelas do alcool serviram e servem para os lucros farmacológicos!
    Não basta as pessoas serem concervadoras, elas tem que começar a fazer análises epistemológicas, pois o mal está sobretudo na tolerãncia que permite ao salafro o direito de viver e fazer o que sabe fazer, salafragem! É por isso que se alavanca diversidade, pois o salafro é diverso, é por isso que se garante igualdade, pois o salafro sem igualdade é exterminado, é por isso que se garante comunismo/socialismo e democracia, pois com essas se dá o direito do salafro viscejar na desgraça coletiva, pois sem o caos, ele morre, ele é fruto exclusivo da desgraça e só na desgraça cresce forte e sadio. O salafro precisa da aquilatação por baixo, e a democracia, o comunismo e socialismo, garantem isso, pois quando se aquilata o capaz no patamar do incapaz, o parasita do produtor, e bandido de cidadão digno de pena, se garante o salafro forte e dominante! Ninguém é igual a ninguém, e entender que o lixo é igual e merece tolerância é garantir a intolerancia do lixo destruindo os capazes, afinal ele lixo na diversidade vale o mesmo que um capaz.
    Agradeço a atenção
    Obrigado

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :