Em conversa com Oliver Stone, ele afirma ter pago dívidas da Rede Globo e diz se arrepender de não ter regulado a imprensa

Neste final de semana (18/01), um vídeo contendo cerca de 2 minutos de duração voltou a circular em grupos de WhatsApp destacando uma “audiência” do cineasta norte-americano Oliver Stone com Lula, em novembro de 2016.

Nesse trecho do vídeo, o hoje condenado a 17 anos, um mês e 10 dias, em recente revisão dos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, é questionado por Stone se ele “conta com apoio da mídia brasileira”.

Rapidamente, e com auxílio de um tradutor com aparente sotaque francês, o corrupto diz: “Não tem parceiro aqui, com a mídia”.

Lula prossegue, e traz à luz uma informação que poucos se incomodaram quando o vídeo foi produzido há pouco mais de três anos, e que pode ser considerada como gravíssima, pois envolveria recursos do contribuinte.

Quando eu fui presidente governei de forma republicana. A Rede Globo estava quase quebrada. E nosotros (sic) ajudamos salvá-la… E depois, cometemos o erro de não regular os meios de comunicação.

Neste momento, Oliver Stone interrompe, dizendo “Grande erro”, o que provoca gargalhadas dos presentes. A conversa é retomada, com o ex-presidiário comentando sobre o que eventualmente viria a ser O Mecanismo, série da Netflix sobre a Operação Lava Jato, já com duas temporadas disponíveis no canal.

Primeira das cinco partes da “audiência” do diretor de JFK com condenado pelo TRF4

A Globo e a Netflix estão trabalhando…já produziram um livro…o filho da Miriam Leitão, que é a principal jornalista econômica da Globo, escreveu um livro sobre a Lava Jato para que a Netlfix faça um documentário (sic). Bem…se depender da Globo eu serei o Pablo Escobar do documentário.

Lula, em sua conclusão um tanto exagerada, já antecipa que a série (e não um documentário) baseada no livro de Vladimir Netto e dirigida por José Padilha, certamente o colocaria como protagonista do esquema de corrupção na Petrobras, ainda que usando nomes fictícios (em O Mecanismo, o ex-presidente é retratado como João Higino).

Embora sua previsão tenha sido confirmada, Padilha parece ter se arrependido das repercussões negativas entre a esquerda e decidiu retratar “Higino” de uma forma moderada na segunda temporada.

Gostou da matéria? Assine nossa Revista mensal aqui.

4 Comments

  1. Pode até ser, que o condenado não tenha parceiros na mídia. Porém é inegável que a mesma mídia o blinda de toda forma possível, suas falas se, proferidas pelo Presidente Jair, seriam escândalos midiáticos. Então é difícil saber se esse sujeito realmente fala a verdade, quanto à isso.

  2. Pode até ser, que o condenado não tenha parceiros na mídia. Porém é inegável que a mesma mídia o blinda de toda forma possível, suas falas se, proferidas pelo Presidente Jair, seriam escândalos midiáticos. Então é difícil saber se esse sujeito realmente fala a verdade, quanto à isso.

  3. Da nojo falar sobre esse sujeito. Merece prisão perpetua. Cade os bilhões que esse ladrao roubou do povo brasileiro???. Ele e sua corja de bandidos rwvestidos de.bons cidadãos. Chefa de enganar tão vergonhosamente este pobro Pais que agora esta tentando se recuperar com a ajuda de um valente guerreiro, destemido chamado Jair Messias Bolsonaro A midia pode blindar quanto quiser esse LLe seus comparsas. Nada vai salvar sua queda vai ser feia e merecida????

  4. Da nojo falar sobre esse sujeito. Merece prisão perpetua. Cade os bilhões que esse ladrao roubou do povo brasileiro???. Ele e sua corja de bandidos rwvestidos de.bons cidadãos. Chefa de enganar tão vergonhosamente este pobro Pais que agora esta tentando se recuperar com a ajuda de um valente guerreiro, destemido chamado Jair Messias Bolsonaro A midia pode blindar quanto quiser esse LLe seus comparsas. Nada vai salvar sua queda vai ser feia e merecida????

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :