21.9 C
São Paulo
segunda-feira, 29 novembro, 2021

Crônica

CRÔNICA丨Onde dói?

Sentados sob o toldo da padaria, tomávamos cerveja. Eu suara durante a Missa; ir ao centro durante o tempo do Advento é fatalmente expor-se ao calor típico de fim de ano. Na metade da segunda garrafa, decidi perguntar ao...

CRÔNICA丨Pecunia non olet

Na véspera, eu decidira sair antes de tomar café. Eu queria ver de perto a euforia dos pregões no hall da Bolsa de Valores, no centro, mas isso foi há muito tempo. Hoje tudo acontece virtualmente, isto é, quando...

Crônica de uma coluna anunciada

Estreia da coluna do professor Antonio Fernando Borges! Durante muitos anos acreditei que tinha crescido numa cidade turística de um país à beira-mar plantado, uma terra com praias ao Norte e vinhos e chocolates ao Sul. Na verdade, cresci dentro...

As torres

Crônica de uma manhã longínqua Eu tinha sete anos, mas conservo na memória uma lembrança assaz viva daquela manhã de 11 de setembro de 2001. Sentado sobre o tapete da enorme sala da casa de minha avó, eu concentrava-me com...

O quadrúpede de 28 patas

Nesta divertidíssima crônica, Nelson Rodrigues imprime o perfil moral da criatura amante de football Hoje, o meu personagem da semana é uma das potências do futebol brasileiro. Refiro-me ao torcedor. Parece um pobre-diabo, indefeso e desarmado. Ilusão. Na...

PERUANDO O JOGO DA VIDA

A sabedoria em seus derradeiros dias

CRONICA丨Falta no trabalho

Depois de correr até a exaustão na roda do elevador à tração humana, o escravo fora finalmente dispensado do trabalho, pelo menos até a manhã seguinte. O rapaz, um viking capturado na região das fronteiras ao Norte, era forte...

CRÔNICA丨Vênus

Em Atenas há três linhas de metrô, não mais do que isso. Apesar dos esforços da propaganda política que alardeiam a promessa de que, dentro em pouco, os cidadãos da capital da Grécia e os turistas -- principalmente os...

Crônica de Páscoa

Tarde fresca. O sol ardido e o vento frio tinham a cara do Rubem Braga, devia ser a segunda semana do Outono. Casa cheia. Mesa farta. As crianças -- sobrinhos e primos pequenos -- corriam, gritavam, caíam, choravam. O...

E O POVO COM ISSO?│Minha vizinha pianista

Sob o nome difuso de “povo”, há centelhas de imaginação viva, humor afiado, sensibilidade ímpar e inteligência arguta. Há quem se julgue dono da cultura, senhor da história, cultor das vontades. Quando se cruzam, agem como iluminados nascidos para...

Mais Lidas

ENTREVISTA | Dr. Miguel Nagib

Esmeril News entrevista o Procurador do Estado de São Paulo em Brasília e fundador do Escola Sem Partido sobre os efeitos da Lei 14.164/21 para as Famílias brasileiras