18 C
São Paulo
sábado, 28 maio, 2022

SP | Sabesp esconde contaminação de água em 132 cidades

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

Cidadãos estão expostos à contaminação por substâncias cancerígenas no mínimo desde 2018

Foi divulgado pelo Portal UOL que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) omitiu testes, de 2018 a 2020, que comprovam a contaminação de água em aproximadamente 132 cidades paulistanas abastecidas pela companhia. A informação deveria ter sido passada aos consumidores.

O Ministério da Saúde encontrou substâncias químicas que excedem o valor máximo permitido e geram riscos à saúde humana. O órgão é o principal responsável por definir as normas de controle. Ainda segundo o UOL, a companhia fez 235 mil testes para avaliar a qualidade da água, destes 759 continham substâncias químicas, o que resulta na contaminação em 0,3% dos testes realizados pela Sabesp. Confira se a sua cidade está na lista aqui.

Embora o percentual seja baixo, os riscos devem ser avaliados de acordo com as cidades nas quais ocorreram as contaminações, principalmente naquelas onde a população bebeu a água contaminada. Na capital (Guarapiranga e Cantareira), Alto Tietê e Rio Claro, a contaminação excedeu 13 vezes o limite permitido. Os locais abastecem aproximadamente 17 milhões de pessoas.

Ácidos haloacéticos, os trihalometanos e o antimônio são os agentes tóxicos encontrados na água da companhia e classificados como “possivelmente cancerígenos”, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Contaminação no país

A substância presente no abastecimento da companhia desrespeitou o limite de segurança pelo menos uma vez nos três anos analisados em 36 cidades do Estado de São Paulo, como Diadema, Santos, Ubatuba, Guarujá e Lorena. No Brasil, a contaminação foi confirmada em 82 cidades, sendo a Sabesp responsável por 45% destas.

O consumo contínuo por meses ou anos aumenta os riscos à saúde da população. Segundo Fábio Kummrow, professor de toxicologia da Universidade Federal de São Paulo, ingerir água contaminada durante três anos seguidos indica que a população está exposta à substância carcinogênica “aceitável”.

Com informações do Portal UOl


Geralmente a solução do governo para um problema é tão ruim quanto o próprio problema

— Milton Friedman

Gosta do nosso conteúdo? Assine a Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2022
- Advertisement -spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Nosso país na mão do lixo (PT) tantos anos …só podia dar nisso mesmo.
    Para salvar o país temos que aprender a votar em quem respeita o povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img