Milhares de cidadãos americanos participam de protestos contra a posse de Joe Biden (Democratas) na presidência do país. Os populares entraram no Capitólio, em Washington (DC), e ocupam salas, andares e o próprio Parlamento. 

Alguns cidadãos escalaram os muros para entrar na Casa do Povo Americano – como também é chamado. 

Hoje ocorreria a confirmação da eleição de Biden, pelos colégios eleitorais, no Senado. O presidente do Senado, e vice-presidente dos Estados Unidos da América, Mike Pence (Partido Republicano), foi personagem central de muita tensão, pois havia a expectativa de que não reconhecesse a vitória de Biden – por suspeitas e indícios de fraudes – e legasse ao Congresso a decisão de quem será o presidente do “país mais poderoso do Ocidente”. 

Essa expectativa não se confirmou e o vice-presidente negou o pedido de 60 congressistas para rever a votação no Estado do Arizona, frustrando aos manifestantes e aos defensores da acusação de fraudes eleitorais, que supostamente ocorreram em diversos estados americanos, e gerou a reação de ocupação do Capitólio. 

Deputados e Senadores saíram às pressas, para evitar o encontro com os populares. 

Para mais informações, acesse a reportagem de Claudio Dirani

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :