19.4 C
São Paulo
domingo, 5 dezembro, 2021

PE | Atentado atrasará entrega de moradias contemplados pelo Casa Verde e Amarela

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Invasores danificaram casas populares que seriam entregues em novembro

O conjunto habitacional Residencial Cruzeiro, em Santa Cruz do Capibaribe (PE), atrasará a entrega das casas populares às famílias pobres contempladas, que estava prevista para novembro deste ano, por causa de um atentado, segundo o presidente Jair Messias Bolsonaro (Sem Partido), através de seu perfil oficial no Twitter.

Na publicação, o presidente afirma que 800 casas foram depredadas, no entanto, são aproximadamente 500 moradias, como dito no próprio vídeo. Outro ponto importante é que não há confirmação da participação de elementos ligados ao MTST, MST ou partidos, como demonstrado pelo Boatos.org.

Em 29 de agosto deste ano, o site local Merece Destaque noticiou a invasão dos imóveis por indivíduos que teriam sido retirados da lista de contemplados. A justiça atendeu ao pedido de reintegração de posse em 24 de setembro. Em 06 de outubro, a Polícia Federal (PF) informou que o prazo para desocupação seria de cinco dias.

A imprensa local começou a apontar para a depredação dos imóveis a partir do comunicado da PF. Ainda não há informações se o atentado seria motivado por vingança ou oportunismo, contudo, os invasores teriam se organizado através de um grupo no WhatsApp, sem ligações partidárias ou com lideranças de movimentos.

As 500 famílias pobres realmente contempladas pela lista do Casa Verde e Amarela – programa que substituiu o Minha Casa, Minha Vida – ficarão por mais tempo sem as moradias, na cidade do interior pernambucano.

Com informações de Twitter, Boatos.org, Merece Destaque e Blog do Ney


A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota

— Jean-Paul Sartre

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img