23.6 C
São Paulo
domingo, 19 setembro, 2021

Padre denuncia ensino de “poliamor” para crianças em Minas Gerais

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

Caso ocorreu em cidade do interior e mobilizou o Padre e um Vereador

Durante homilia em 18 de junho, o Padre Chrystian Shankar, reitor do Santuário Diocesano de Frei Galvão, denunciou o ensino de poliamor para crianças numa escola local. Um casal de Divinópolis (MG), procurou o Padre para denunciar o caso, após seu filho ser convidado por uma coleguinha a “viver o poliamor” com ela e o namorado. Segundo a ACI Digital, a criança contou aos pais que uma aula sobre o tema foi ministrada em sua escola. A mãe do rapaz entregou ao Padre uma folha que teria sido usada por uma psicóloga para ensinar sobre poliamor na escola do filho.

O tema discutido em sala de aula pela psicóloga seria “novas formas de amor e família”. Padre Chrystian fez a leitura do material, na qual o poliamor é definido como “uma forma de conjugalidade” na qual “os indivíduos envolvidos mantêm relações afetivas e também sexuais com mais de uma pessoa ao mesmo tempo”.

O documento também incentiva as crianças a romperem com “modelos tradicionais sobre afetividade e família, opondo-se principalmente a pessoas preconceituosas ligadas a religiões de cultura judaico-cristãs”, segundo a leitura feita pelo Padre.

Caso repercutiu na cidade

Após a repercussão do caso, o vereador Eduardo Azevedo (PSC) procurou o Promotor de Justiça Casé Fortes, para apurar quais medidas cabíveis. O promotor aconselhou aos pais para que verifiquem as cartilhas e materiais escolares de seus filhos. Como a família quis manter sigilo, procurando o Padre, o vereador se esforça para descobrir onde o caso ocorreu e solicitou à comunidade local que ajudem nessa busca, principalmente aos pais.

Mas, precisamos da iniciativa dos pais. Sei que muitos têm receio, mas será mantido sigilo sobre seus nomes e de seus filhos.

– Vereador Eduardo Azevedo

Recado aos doutrinadores

Frente ao problema que se levanta, Padre Chrystian Shankar se manifestou contrário ao ocorrido e à cartilha que pregou o ódio contra os cristãos e incitou as crianças contra seus pais religiosos.

Ninguém aqui é a favor de preconceito, mas deixem as crianças serem crianças. Deixem as crianças crescerem na pureza que Deus colocou em seus corações.

Os pais precisam assumir o seu papel de pais e cuidar de seus filhos, acompanhar seus filhos, colocar filho no colo, abraçar, passear, brincar. Muitos pais não sabem nada da vida dos filhos, o que acontece na escola, o que estão vendo na internet.

[…] se verem qualquer coisa que deponha contra a família, vocês têm o direito de ir à escola e exigir uma retratação.

– Padre Chrystian Shankar

Com informações da ACI Digital


Tenham coragem diante de sua fé e suas convicções. São os maus que devem temer diante dos bons, e não os bons diante dos maus.

– São João Bosco

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img