Mais de 20 milhões de mulheres são mães solteiras, segundo Instituto

Segundo os dados do Instituto Data Popular, que foram divulgados pela Agência Brasil em 2015, apontaram que o país contava com cerca de 67 milhões de mães, sendo que 31% delas são solteiras. Isso significa que mais de 20 milhões dessas mulheres são mães solteiras.

A psicóloga Raquel Martins Silva explicou ao Diário de Petrópolis sobre as novas construções familiares.

Raquel Martins Silva

É apontado um novo tipo de família, a chamada família monoparental, ou seja, mãe e filho somente. Antes tínhamos a família patriarcal (mãe, pai e filhos), mas agora temos novos modelos e alguns estudos fazem a separação de mães solteiras e mães sozinhas. O primeiro é relacionado a mães que tiveram filhos na adolescência ou juventude e que não tiveram condições de arcar financeiramente com os gastos desse filho. Já que ela vai estar sozinha na criação desse filho. Ela cita que os familiares precisam dar apoio a estas mães. Ainda mais quando se é uma família muito rigorosa, com uma visão mais fechada sobre filhos fora do casamento. É uma situação difícil. Tem famílias que expulsam estas mães de casa e elas se veem com a responsabilidade da maternidade, do cuidado, e também de prover a criança. A psicóloga aponta que quando a criação torna-se monoparental por divórcio, é necessário que seja explicado aos filhos, pois tem mães que se tornam solteiras devido ao divórcio e um ponto importante sobre isso é a questão de se conversar com o filho sobre a separação. Porque a criança fica naquele meio sem entender o que está acontecendo. Os pais não passam isso, não explicam a situação abordando que apesar de morarem separados, o carinho vai continuar o mesmo. E, às vezes, há um sentimento de abandono que se prolonga para as próximas relações da criança, de sempre achar que vai ser abandonada, porque isso não foi conversado

Raquel Martins Silva

Em uma pesquisa do Jusbrasil, realizada por Fernando Farias Valentin do Observatório da Guarda Compartilhada, entre os anos de 2015 e 2019 o total de nascidos vivos no país, filhos de mães solteiras, superou a marca de 14 milhões.

A região Sudeste concentrou o maior número de filhos de mães solteiras (5.725.566), seguida pela Região Nordeste (4.101.929) e pela Região Sul (1.977.877). No comparativo entre os nascidos vivos dos filhos de mães solteiras e de mães casadas o número de filhos de mães solteiras foi (1,3) vezes maior que o de mães casadas.

Fonte: SINASC-MS. Tabulação realizada pelo Observatório da Guarda Compartilhada em 22/12/2020.

Cerca de 80% dos filhos de pais separados sofrem com chantagens emocionais

De acordo com a pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE) cerca de 80% dos filhos de pais separados sofrem com chantagens emocionais dos genitores, relatam o jornal Tribuna Hoje e a Revista GQ, do Grupo Globo.

Em entrevista ao Tribuna Hoje o psicólogo Arnaldo Santtos, a situação tem um nome, Síndrome da Alienação Parental (SAP). Ele explica que a SAP ocorre quando a mãe ou pai aliena a criança ou adolescente para romper os laços afetivos com o outro genitor, criando sentimentos de raiva, ódio e temor, recusa em dar atenção, rejeição para visitar ou se comunicar, além de sentimentos e crenças negativas sobre o pai ou da mãe.

Também é considerado Alienação Parental interferir no acesso as visitas do pai ou mãe e lançar agressões verbais denegrindo a imagem perante a criança. Ou seja, há uma construção negativa contra o outro genitor, com a finalidade de quebrar qualquer vínculo da criança com essa figura paterna ou materna.

Quem pratica Alienação Parental pode ser punido com pagamento de multas, reversão ou até mesmo perda da guarda. Trata-se de algo muito comum, e as famílias devem saber que o Direito pode ampará-las para combater esta prática.

Ivone Zeger, advogada especialista em Direito de Família para a Revista GQ, do Grupo Globo.

É importante que o pai ou a mãe fiquem atentos ao comportamento do filho para que ele não sofra com as consequências psicológicas, que podem ser graves e irreversíveis.

De acordo com o psicólogo Arnaldo Santtos, a SAP ocorre na ruptura da vida conjugal, principalmente na vingança de um deles, especialmente da mãe por não aceitar o término do casamento. Os dados do Datafolha mostram que cerca de 20 milhões de crianças são vítimas de alienação parental, segundo o Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM).

“Considera-se ato de alienação parental a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este.”

– Lei 12.318, de 26 de agosto de 2010, no seu artigo 2º

O Brasil é o primeiro país no mundo a tipificar os atos da Alienação Parental em lei. O legislador entendeu que o simples Ato de Alienação Parental pode ser suficiente para expor a criança a risco de transtorno mental.

Vários homens estão procurando travestis…

Segundo reportagem do Guia Gay São Paulo, do Jornal Metrópoles, de 21 de novembro de 2016, travestis são procurados por realizarem as fantasias dos homens e por “serem mais carinhosos”. Segundo a mesma reportagem, o segundo perfil de homens que mais procuram por travestis em sites especializados, são ativos e querem que os travestis exerçam o papel de mulheres. Não colocamos o link da reportagem por questões de segurança quanto ao possível acesso de menores de idade.

Com informações do IBDFAM, Globo, Jusbrasil, Diário de Petrópolis, Tribuna Hoje e Guia Gay São Paulo (Metrópoles)


Toda a doutrina social que visa destruir a família é má, e para mais inaplicável. Quando se decompõe uma sociedade, o que se acha como resíduo final não é o indivíduo mas sim a família.

– Victor Hugo

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar