14.3 C
São Paulo
terça-feira, 28 junho, 2022

NOTAS | Papa Emérito Bento XVI celebra o seu 95º aniversário

Revista Mensal
Vitor Marcolin
Vitor Marcolinhttps://lletrasvirtuais.blogspot.com/
Apenas mais um dos milhares de alunos do COF. Non nobis Domine.

De manhãzinha, ele começa o seu dia com a Santa Missa e as orações do Breviário

Joseph Ratzinger, o Papa Bento XVI, nasceu em 16 de abril de 1927, um Sábado Santo. Hoje, seu 95º aniversário, também coincide com a véspera da Santa Páscoa. Bento XVI é considerado um dos maiores expoentes da teologia católica no século XX. Sua personalidade, como destaca seu secretário particular, o arcebispo Georg Gänswein, “moldou profundamente a Igreja e a Teologia”.

“O Papa Emérito está de bom humor. Fisicamente fraco e frágil, mas bastante lúcido”.

Arcebispo Georg Gänswein ao Vatican News
Papa brindando em celebração ao seu 90º aniversário, em 2017

Em honra ao Sábado Santo: silêncio

Gänswein disse que 95 anos é uma idade importante, mas não haverá celebração. É Sábado Santo, dia de silêncio, de recolhimento, de meditação. Este é o dia que “expressa o silêncio sepulcral de Christo”. O Papa Emérito descansará para o Domingo de Páscoa.

“Durante a semana da Páscoa, delegações menores e algumas pessoas virão a fim de fazer suas felicitações”.

Gänswein

O secretário de Bento XVI recorda que o Papa Francisco fez uma visita antecipada ao Papa Emérito no dia 13, no Mosteiro Mater Ecclesiae, nos Jardins do Vaticano. Isto porque “o Sábado Santo é um dia de muitos compromissos para Francisco”.

“Há algum tempo o Papa Emérito não celebra mais a Páscoa como celebrante principal, simplesmente porque ele não tem mais forças para se levantar o tempo todo, e não tem mais força em sua voz. No entanto, ele segue a liturgia, participa dela celebrando, com grande ênfase interior. Bento XVI tira novas forças dela, dia após dia, para sua vida”.

Gänswein

Aos 95 anos: uma rotina marcada pela contemplação do Senhor

Dom Gänswein diz ainda que, no geral, a rotina no Mosteiro Mater Ecclesiae não sofreu grandes alterações desde 2013, quando Bento XVI tornou-se o Papa Emérito.

“[A rotina] não mudou desde que o Papa se tornou Emérito. Começa sempre com a parte mais importante do dia, de manhã cedo, ou seja, a Santa Missa e as orações do Breviário. Depois é hora do café da manhã e de uma pausa. Então Bento XVI se dedica à correspondência e às leituras da manhã. De vez em quando, há espaço para a música, até a hora do almoço. Mais uma vez, à tarde, um momento para um breve descanso e de vez em quando para receber as pessoas em visita. Tudo depende de como se sente o Papa Emérito. À tarde não falta a pequena caminhada nos Jardins do Vaticano com a recitação do Terço, mas sentado. O dia termina depois do jantar com o telejornal em italiano e com a oração da noite”.

Gänswein

Com informações do Vatican News.


“Não há amor sem sofrimento — sem o sofrimento da renúncia a si mesmo, da transformação e purificação do eu para a verdadeira liberdade. Onde não houver algo pelo qual valha a pena sofrer, também a própria vida perde o seu valor”.

Papa Emérito Bento XVI

Este conteúdo é exclusivo para assinantes da Revista Esmeril. Assine e confira as matérias dessa edição e de todo nosso acervo.

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2022
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

CRÔNICA丨Perda

Afrânio era um aprendiz de tipógrafo na Corte que, depois do trabalho nas oficinas da Rua da Guarda Velha,...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img