23.5 C
São Paulo
sábado, 28 maio, 2022

SP | Mulher mata o Marido e simula assalto

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

Ela acusou a vítima de agressão e desvio de dinheiro, mas afirmou que não registrou Boletim de Ocorrência

Após passar mais de 50 dias internado, o empresário Bruno Piva Júnior (51) faleceu depois de ser baleado pela esposa Karina de Freitas Fogolin (41), em dezembro de 2021, na Praia Grande, litoral de São Paulo. Karina tentou forjar um assalto e afirmou que o marido foi baleado por um dos assaltantes. O crime ocorreu após uma discussão do casal.

Na época, a polícia foi acionada com a informação de que um homem foi ferido no tórax por disparo de arma de fogo. Bruno foi socorrido pelos vizinhos que o levaram até o Hospital Irmã Dulce, onde passou por uma cirurgia de emergência e ficou internado até o seu falecimento, nesta terça-feira, 25 de janeiro.

A versão de Karina foi desmentida pelos vizinhos, que afirmaram aos policiais militares que o disparo havia sido feito pela mulher. No entanto, Karina negou e disse aos policiais que houve uma tentativa de roubo, não possuía nenhuma arma e que o disparo teria sido feito por um assaltante.

Durante uma busca na casa do casal, a polícia encontrou uma pistola embaixo de um veículo estacionado na garagem. Ao ser confrontada, a mulher admitiu ter atirado no marido. Acusada, ela foi presa em flagrante por tentativa de homicídio, mas foi solta ao receber liberdade provisória. Com o falecimento do marido, Karina passará a responder por homicídio.

A mulher alegou em depoimento que era agredida por Bruno e que ele havia desviado dinheiro dela, mas que não teria registrado boletim contra o companheiro. O caso está sendo apurado pela polícia.

O Comando Militar do Sudeste (CMSE) informou ao G1 que Karina de Freitas Fogolin é 2º Tenente Dentista Temporário e servia no Hospital de Guarnição de Porto Velho (RO). Por decisão judicial, ela foi reintegrada e deve ficar afastada até o processo de reforma. Karina será julgada na justiça comum por não se tratar de um crime militar. Em nota, o Exército Brasileiro destacou que repudia veementemente qualquer ato que atente contra os preceitos éticos e morais da profissão militar.

Bruno foi sepultado nesta quarta-feira (26) em São Bernardo do Campo, no Cemitério Jardim da Colina.

Com informações de G1


A mulher aprende a odiar na medida em que desaprende – de encantar

— Friedrich Nietzsche

Gosta do nosso conteúdo? Assine a Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img