Prefeito de Belo Horizonte (MG) declarou que manterá proibição a celebrações religiosas presenciais

Segundo noticiamos há pouco, o prefeito de Belo Horizonte (MG) Alexandre Kalil (PSD) twittou que manterá a proibição às celebrações religiosas presenciais no município, à revelia da medida cautelar do Ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Porém, o Ministro Nunes Marques intimou Kalil na madrugada deste Domingo de Páscoa (04) a cumprir a medida cautelar, num prazo de 24 horas, sob pena de responsabilização, inclusive criminal.

Segundo o Portal G1, a Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais foi intimada a garantir o cumprimento da medida cautelar, caso haja resistência da administração municipal ou de seus funcionários. A Procuradoria Geral da República (PGR) também foi informada para “tomar as medidas cabíveis”.

Com informações do Portal G1.


Se verdadeiramente vale a pena fazer uma coisa, vale a pena fazê-la a todo o custo.

– G. K. Chesterton

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar