Médicos especializados de Pernambuco e Rio de Janeiro coordenam o movimento Manifesto Médicos Pela Vida.

“Somos médicos de todas as especialidades que assistimos pessoas acometidas pela pandemia da covid-19 bater na porta de nossa casa, clínica ou ambulatório, ou no telefone/whatsapp”, está é a descrição no Portal da organização

Fundado em 2020, através da iniciativa de diversos médicos especialistas, após ampla gama de observações clínicas e experiência adquirida no tratamento da doença durante a pandemia, o movimento Manifesto Médicos Pela Vida oferece ajuda e assistência de especialistas a infectados. 

Ainda segundo a organização, o tratamento precoce que oferecem tem obtido sucesso na grande maioria dos casos, evitando internações e entubações, que elevam o risco de morte dos pacientes. Inclusive, descrevem isso como o objetivo da organização.

Segue:

“Pacientes pedindo tratamento precoce, ansiando por não serem hospitalizados, muito menos intubados sob risco de morte. A angústia em atender adequadamente a essas pessoas, por vezes dentro de nossa própria casa, nos motivou a estudar, observar, e lançar mão de condutas que fossem benéficas às pessoas, inclusive para nós mesmos.

Daí nasceu a assistência observacional de cada um de nós, convergida para a experiência coletiva, consolidada na produção de uma proposta de protocolo que servisse de guia para os colegas, sensibilizasse autoridades e tirasse as pessoas do abandono pré-hospitalar, atendendo às expectativas de não precisarem ser hospitalizadas. Intento que temos conseguido na grande maioria dos casos”.

O movimento Manifesto Médicos Pela Vida aceita o apoio de todos que se identifiquem com a causa da organização; salvar vidas através da informação sobre a doença e oferecimento de tratamento precoce. Porém, frisam que o apoiador só deve participar se tiver convicção; para isso, listam seis Postulados:

1. Médicos compromissados com o juramento e a prática hipocrática da Medicina;

2. Protocolo é orientação, jamais imposição. Médico não é mecânico. Pesquisa, estudo e a experiência devem nortear o Médico;

3. O médico, enquanto profissional e cidadão, deve ter coragem para defender a Medicina e a Vida;

4. A base em evidências é importante para a Medicina, mas não é tudo. A perspicácia clínica e a experiência de vida jamais deve perder a soberania;

5. A Medicina é ciência autônoma para tratar, cuidar da saúde integral e salvar vidas. Seu exercício não pode sofrer interferências externas de qualquer natureza;

6. O Médico deve tratar a todos os pacientes como a si mesmo.

O juramento de Hipócrates, citado no primeiro Postulado, é feito por todos os médicos, quando de seu ingresso na profissão. Segue:

“Eu juro, por Apolo médico, por Esculápio, Hígia e Panacéia, e tomo por testemunhas todos os deuses e todas as deusas, cumprir segundo meu poder e minha razão, a promessa que se segue: estimar, tanto quanto a meus pais, aquele que me ensinou esta arte; fazer vida comum e, se necessário for, com ele partilhar meus bens; ter seus filhos por meus próprios irmãos; ensinar-lhes esta arte, se eles tiverem necessidade de aprendê-la, sem remuneração e sem contrato escrito; fazer participar dos preceitos, das lições e de todo o resto do ensino, meus filhos, os de meu mestre e os discípulos inscritos segundo os regulamentos da profissão, porém, só a estes. Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém. A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza à perda. Do mesmo modo não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva. Conservarei imaculada minha vida e minha arte. Não praticarei a talha, mesmo sobre um calculoso confirmado; deixarei essa operação aos práticos que disso cuidam. Em toda a casa, aí entrarei para o bem dos doentes, mantendo-me longe de todo o dano voluntário e de toda a sedução, sobretudo longe dos prazeres do amor, com as mulheres ou com os homens livres ou escravizados. Àquilo que no exercício ou fora do exercício da profissão e no convívio da sociedade, eu tiver visto ou ouvido, que não seja preciso divulgar, eu conservarei inteiramente secreto. Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado gozar felizmente da vida e da minha profissão, honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça”.

A organização disponibiliza uma lista com médicos especialistas de 17 estados brasileiros, que adquiriram experiência no tratamento precoce e oferecem assistência aos pacientes infectados. Para acessar a lista clique aqui.

Em sua página principal, no Portal, disponibiliza uma cartilha sobre a doença; causa, sintomas, conseqüências, tratamento etc. Acesse o Manifesto Médicos Pela Vida em https://medicospelavidacovid19.com.br/ e baixe a cartilha clicando em ‘Download’, no topo da página principal.

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :