O autor responderá por falsa comunicação de crime.

Nesta quarta-feira (10), um homem casado de 44 anos foi preso, após passar o dia em casas de prostituição, no Centro de Belo Horizonte (MG), e inventar um roubo para esconder a gastança da esposa. 

A falsa vítima registrou um  B.O., alegando roubo de R$1 mil, em uma passarela no bairro Lagoinha, na Rua Guaicurus, próximo a Estação de Metrô. O dinheiro foi gasto com as prostitutas, mas quando acabou, ele usou o celular para pagar mais um programa. 

Sem dinheiro, nem celular, ele inventou que dois ladrões o abordaram e roubaram sua carteira, no entanto, a Polícia Militar não encontrou imagens do roubo, nas câmeras de segurança da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Os Policiais Militares também contataram os responsáveis pelo monitoramento do Olho Vivo.  

Em novo depoimento, o sujeito caiu em contradição e confessou a falsa comunicação de crime. Além da falsa comunicação de crime, os Policiais Militares encontraram maconha, durante revista no autor, escondida em sua parte íntima. O sujeito foi detido e encaminhado à delegacia. 

O sujeito foi detido, encaminhado à delegacia e terá muito o que explicar à sua esposa. 

Com informações da IstoÉ, Blasting News e Portal R7

Deixe seu comentário

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :