19.4 C
São Paulo
quinta-feira, 28 outubro, 2021

MANÍACO | Conheça o criminoso que dopou, estuprou e matou homens

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

Apesar da quantidade de crimes hediondos contra os homens, o criminoso não recebeu a pena máxima prevista em lei

João Batista Alves Bisco (41), conhecido como o ”Tarado do Parque”, é responsável pelos estupros de pelo menos 13 homens, nos últimos dez anos. O criminoso também é responsável pela morte de um homem, ao qual dopou e estuprou.

O criminoso foi preso em outubro de 2020 e encaminhado ao Complexo Penitenciário da Papuda, onde está até hoje. Apesar da lista extensa de crimes, foi condenado a apenas 25 anos de prisão em regime fechado. A sentença foi dada após o julgamento na 1ª Vara Criminal de Brasília (DF).

Na época, o maníaco trabalhava em uma Galeteria da Asa Sul, onde aplicava o famoso golpe “Boa noite, Cinderela” nos homens e abusava das vítimas. De acordo com o delegado da 1ª Delegacia de Polícia da Asa Sul, Marcelo Portela, responsável pelo caso, o criminoso tinha um padrão para agir e atacar suas vítimas, segundo o Metrópoles.


Ele ia para locais onde havia grande aglomeração de pessoas que geralmente estavam buscando algum programa e começava a conversar com as vítimas. Então, passava a ingerir bebidas alcoólicas na companhia dessas pessoas e conquistava a confiança delas. Em seguida, ele dopava os homens colocando a medicação em suas bebidas. Eram doses cavalares, tão altas que uma das vítimas veio a óbito. E havia sempre uma conotação sexual envolvida. Ele os convidava para um pretenso programa, aplicava a medicação e praticava os delitos

— Marcelo Portela, delegado

O maníaco abordava suas vítimas geralmente à noite, tomava alcoólicos na companhia dos homens e os dopava com altas dosagens de benzodiazepínicos. No início de 2020, um homem de 30 anos acabou não resistindo a alta dosagem e faleceu. Seu corpo foi encontrado no dia 20 de janeiro, no Parque da Cidade.

Com informações de Metrópoles


A side profile of a woman in a russet-colored turtleneck and white bag. She looks up with her eyes closed.

“Contributing makes me feel like I’m being useful to the planet.”


Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img