18.5 C
São Paulo
domingo, 5 dezembro, 2021

Jogadoras de Herat desaparecem após tomada de poder pelo Talibã

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

ONG italiana não conseguiu localizar todas as atletas

Nesta quinta-feira (19) a Organização Não-Governamental (ONG) italiana Cospe informou o desaparecimento de 6 jogadoras de futebol de Herat. Das 21 atletas que fugiram no domingo (15), após a tomada de poder no Afeganistão pelo grupo terrorista islâmico Talibã, 15 foram localizadas no Irã, para onde fugiram.

A ONG participou de diversos projetos junto às jogadoras até 2018 e mantinha contato virtual com elas, que se encerrou no domingo, segundo o UOL. Na ditadura do Talibã, entre 1996 e 2001, as mulheres não podiam estudar, trabalhar e sequer sair de casa sem a companhia do marido ou do filho mais velho.

Com informações de UOL


O mundo pode ser um palco. Mas o elenco é um horror

— Oscar Wilde

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img