13.4 C
São Paulo
quinta-feira, 21 outubro, 2021

Governador João Dória anunciou Lockdown em todo o Estado de São Paulo

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Medida para controlar a disseminação do Novo Coronavírus será repetida um ano depois da primeira imposição. Estado de São Paulo está no topo do ranking de contágio no Brasil.

Nesta quinta-feira (03) o governador João Dória (PSDB) realizou sua 183ª coletiva de imprensa. A coletiva começou às 12h49. 

O Governador João Dória (PSDB) iniciou a coletiva falando sobre as mortes ocorridas nesta terça-feira (02) e afirmando que o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) “despreza a vida, é negacionista e sem liderança”. 

João Dória também afirmou que parte da população é negacionista e só quer “beber, se divertir e festejar”. Após os dizeres sobre o presidente da República e a população de São Paulo, João Dória informou que todo o Estado será re-classificado para a Fase Vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo. 

Apenas os serviços essenciais poderão funcionar entre o próximo sábado (06) e sexta-feira (19); serão quinze dias de Lockdown. O Governador João Dória também disse que “não precisamos de Cloroquina” e novamente atacou o presidente da República: “Bolsonaro brinca com a Vida”. 

João Dória reclamou da crise econômica e da queda do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, durante o período de pandemia. Segundo o governador, a culpa seria do populismo e do negacionismo.  

Não estou preocupado com popularidade, nem eleições. Não estou na política para comprar imóveis, fazer rachadinha e proteger filhos

João Dória (PSDB), Governador de São Paulo

Anunciou a abertura de novos 539 leitos de UTI e 160 de enfermaria e a manutenção da abertura das escolas em todo o Estado. 

A coordenação do Centro de Contingência para a Covid-19 foi elogiada pelo governador. As medidas restritivas completarão (neste mês) um ano desde a primeira imposição. O Estado de São Paulo está no topo do ranking de contágio e mortes por Covid-19. 

Quanto a imposição do Lockdown, onde as empresas consideradas não essenciais serão fechadas, o coordenador do Centro de Contingência para a Covid-19, João Gabbardo declarou: “Escolhemos pela vida”.

Segundo a organização não-governamental OXFAM, mais pessoas morreram por causa da fome, em 2020, do que pela Covid-19. 

João Gabbardo também afirmou que o Estado de São Paulo não está na pior colocação da pandemia no Brasil. Segundo o gráfico acima, fornecido pela plataforma Google, o segundo colocado é Minas Gerais, com menos da metade dos casos de contágio e mortes. 

A secretária do Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, afirmou que o que está matando a população é o negacionismo, a falta de auxílio do Governo Federal e elogiou o governador por “ter ficado ao lado da ciência”. 

Milhares de médicos especialistas (imagem) e o Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal, afirmaram que Lockdown confinamentos e Lockdown – utilizados intercaladamente desde Março de 2020 pelo Governador João Dória – são medidas ineficazes, segundo o Estadão

Com informações da CNN Brasil, Live CNN, OXFAM, Estadão e Google.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img