Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da França convocou os militares a escreverem e debaterem, mas não aceitou a Carta Aberta ao presidente Emmanuel Macron

O General François Lecointre, Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da França, afirmou que os generais aposentados que assinaram Carta Aberta ao presidente Emmanuel Macron serão julgados por um Conselho Militar.

Segundo o Valeurs Actuelles, François Lecointre afirmou que a carta foi uma “tentativa inaceitável de manipulação”. Porém, em 2018, Lecointre convocou os militares a escreverem e participarem do debate público, em depoimento ao Le Figaro. Ele lamentou a “eliminação da fala do soldado”.

Ouse escrever para renovar o pensamento sobre a ação militar

– General François Lecointre, Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da França, ao Le Figaro, em 17/01/2018

Com informações de Valeurs Actuelles e Le Figaro


Sem a cultura, e a liberdade relativa que ela pressupõe, a sociedade, por mais perfeita que seja, não passa de uma selva. É por isso que toda a criação autêntica é um dom para o futuro.

– Albert Camus

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar