34.4 C
São Paulo
segunda-feira, 20 setembro, 2021

França | General convocou militares ao debate público e quer sanções aos generais da Carta Aberta

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da França convocou os militares a escreverem e debaterem, mas não aceitou a Carta Aberta ao presidente Emmanuel Macron

O General François Lecointre, Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da França, afirmou que os generais aposentados que assinaram Carta Aberta ao presidente Emmanuel Macron serão julgados por um Conselho Militar.

Segundo o Valeurs Actuelles, François Lecointre afirmou que a carta foi uma “tentativa inaceitável de manipulação”. Porém, em 2018, Lecointre convocou os militares a escreverem e participarem do debate público, em depoimento ao Le Figaro. Ele lamentou a “eliminação da fala do soldado”.

Ouse escrever para renovar o pensamento sobre a ação militar

– General François Lecointre, Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da França, ao Le Figaro, em 17/01/2018

Com informações de Valeurs Actuelles e Le Figaro


Sem a cultura, e a liberdade relativa que ela pressupõe, a sociedade, por mais perfeita que seja, não passa de uma selva. É por isso que toda a criação autêntica é um dom para o futuro.

– Albert Camus

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img