23.5 C
São Paulo
sábado, 28 maio, 2022

FRANÇA | Djokovic fora de Roland Garros?

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Nova lei exige passaporte sanitário em Estádios e Ginásios, mas situação pode mudar até início do Torneio

Na segunda-feira (17), o Ministério do Esporte da França afirmou que não concederá exceções para a nova lei, aprovada no domingo (16) pela Assembleia Nacional da Franca, que institui o “passaporte sanitário” para acesso às áreas públicas, como Estádios e Ginásios.

Portanto, o tenista número 1 do Mundo, Novak Djokovic (34), provavelmente não poderá disputar o Torneio de Roland Garros, entre 22 de maio e 05 de junho deste ano. Djokovic não recebeu doses de vacina anti-Covid-19.

Segundo o Globo Esporte, porém, o próprio Ministério admite que a situação pode mudar até o início do Torneio e que espera que “seja mais favorável”. Enquanto isso, a obrigatoriedade do “passaporte sanitário” (também chamado “passe da vacina”) será exercida, após a promulgação da nova lei; que deve ocorrer na sexta-feira (20).

Todo que quiserem acessar áreas públicas, inclusive Estádios e Ginásios, deverão apresentar o comprovante de vacinação constando as doses anti-Covid-19.


A regra é simples. O passe de vacina será imposto, assim que a lei for promulgada, nos estabelecimentos que já estavam sujeitos ao passe de saúde. Isso se aplica a todos que são espectadores ou esportistas profissionais. Isso vale até novo aviso. Agora, ainda que haja uma preocupação, Roland Garros é em maio. A situação pode mudar até lá e nós esperamos que seja mais favorável. Então, vamos ver. Mas claramente não haverá exceção

— Trecho de comunicado do Ministério do Esporte da França (foi mantida a tradução do Globo Esporte)

Por isso, ainda há esperança para os fãs do esporte de verem o astro em quadra na tradicional competição parisiense.

Com informações de Globo Esporte


Quando a própria lei comete um ato que ela deveria reprimir, nesse caso a espoliação não é menor, porém maior e, do ponto de vista social, com circunstâncias agravantes

— Frederic Bastiat

Gosta do nosso conteúdo? Assine a Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img