O Diretor de Estratégia da autoridade europeia afirmou que reação à vacina existe, mas não entendem o porquê disso acontecer. Agência nega.

O Diretor de Estratégia da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), Marco Cavalieri, disse ao jornal italiano Il Messagero que está confirmado um vínculo entre a vacina da AstraZenca, contra a Covid-19, e a trombose cerebral em pessoas jovens, porém, ainda não sabem o porquê isso acontece.

Estamos tentando ter um quadro preciso do que está acontecendo, para definir a síndrome devido à vacina (…) Entre as pessoas vacinadas se registrou um número de casos de trombose cerebral entre jovens superior ao que esperávamos. Vamos ter que afirmar isto

– Marco Cavalieri, Diretor de Estratégia da Agência Europeia de Medicamentos (EMA)

Há alguns dias a Diretora Executiva da EMA, Emer Cooke, afirmou que não havia demonstrações de vínculo entre a vacina da AstraZeneca e efeitos colaterais, segundo o jornal O Estado de Minal. Após a entrevista de Cavalieri, a EMA informou que o tal vínculo ainda está em estudo, de acordo com a Valor Econômico.

O especialista científico britânico Neil Ferguson afirmou que o risco de coágulos em pessoas jovens é maior, ainda que no total afete só 1 em cada 600 mil pessoas, conforme apurou a IstoÉ Dinheiro.

Com informações do Il Messagero, O Estado de Minas, IstoÉ Dinheiro e Valor Econômico.


Pelos erros dos outros, o homem sensato corrige os seus.

– Osvaldo Cruz

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar