O Ex-CEO também se declarou culpado e informou sobre fundo milionário para pagamento das propinas

O Ex-CEO da Braskem, José Carlos Grubisich, confessou à justiça americana ser culpado num esquema de propina da petroquímica para auferir vantagens no mercado. Segundo o UOL, Grubisich informou que havia um fundo de R$250 milhões destinados ao pagamento das propinas.

Ainda segundo o UOL, a justiça americana informou que esse fundo era gerido por um “departamento de propina”, que também teria envolvimento da controladora Odebrecht SA. Grubisich devolverá R$2,2 milhões, mas pode ainda ser condenado a 10 anos de prisão.

Com informações do UOL.


A corrupção dos governantes quase sempre começa com a corrupção dos seus princípios

– Barão de Montesquieu

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar