19.4 C
São Paulo
quinta-feira, 28 outubro, 2021

Espécie invasora ameaça plantações nos EUA

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Inseto chegou ao país através de um carregamento da Ásia e virou praga preocupante para agricultores

Avistada pela primeira vez nós Estados Unidos da América em 2014, na Pennsylvania, se acredita que a Mosca-Lanterna-Pintada chegou ao país através de carregamentos de produtos importados, advindos de território chinês. O inseto é típico da China, Coréia do Norte e República Socialista do Vietname (Vietnã).

Sua alimentação inclui até 70 tipos de plantas e árvores, principalmente de madeira dura, muitas com valor comercial, como a videira e a nogueira.

Segundo o Agrolink, essa espécie invasora se alastrou por diversos condados da Pennsylvania, 6 Estados do Leste e chegou ao sul da Nova Inglaterra, Ohio e Indiana, causando prejuízos pelo caminho.

The Guardian informa que 34 condados da Pennsylvania entraram em quarentena, sendo que oito deles neste ano.

  • Allegheny
  • Castor
  • Berks
  • Blair
  • Bucks
  • Cambria
  • Cameron
  • Carbono
  • Chester
  • Columbia
  • Cumberland
  • Delfim
  • Delaware
  • Franklin
  • Huntingdon
  • Juniata
  • Lackawanna
  • Lancaster
  • Líbano
  • Lehigh
  • Luzerne
  • Mifflin
  • Monroe
  • Montgomery
  • Montour
  • Northampton
  • Northumberland
  • Perada
  • Filadélfia
  • Pique
  • Schuylkill
  • Iorque
  • Wayne
  • Westmoreland

Mapa da quarentena na Pennsylvania

Créditos da Imagem | Departamento de Agricultura da Pennsylvania

Infestação

Árvore infestada pela Mosca-Lanterna-Pintada | Créditos da Imagem | Departamento de Agricultura da Pennsylvania

Apesar de inofensiva para seres humanos e animais, a Mosca-lanterna-pintada pode ser fatal para plantações, especialmente de uvas. É capaz de escavar nas videiras, macieiras e outras árvores, e sugar boas quantidades de seiva, ocasionando desde desaceleração do desenvolvimento da planta até sua morte.

Também se alimenta de madeiras nobres como carvalho, nogueira, salgueiro e choupo e outras frutíferas como pessegueiro, damasqueiro e ameixeira. Após acessar o sistema vascular da planta ou árvore e sugar doses generosas de seiva, essa mosca excreta um “melaço” que cobre a planta e se transforma em fungo preto.

O “melaço” também ‘mofa’ (bolor fuliginoso) e pode se impregnar em objetos diversos; mesmo em brinquedos e móveis. Portanto, há queda considerável na qualidade de vida de moradores das regiões infestadas.

Créditos da Imagem | Departamento de Agricultura da Pennsylvania

Sua capacidade de botar ovos em quase qualquer superfície lisa, inclusive rodas de caminhões, torna difícil seu controle e permite que seja transportada sem querer a diversas localidades. As fêmeas colocam entre 30 e 50 ovos, geralmente no mês de setembro.

Uma planta hospedeira e que ajuda em sua proliferação é a Árvore do Céu, típica da China, que foi introduzida nos EUA no século XVIII, mas se tornou muito popular como “planta ornamental” no começo do século XX.

Devido à sua natureza daninha e invasora, a Árvore do Céu perdeu seu “apelo popular” nas últimas décadas. Agora, se tornou um problema maior, pois serve perfeitamente para hospedar os espécimes adultos e piorar as infestações da Mosca-Lanterna-Pintada.

Prejuízos

Conforme o Conexão Planeta, o Departamento de Agricultura dos EUA está em posse de estimativas nada agradáveis, que apontam bilhões de dólares em possíveis prejuízos nacionais no setor.

Um relatório de 2019 do Departamento de Agricultura da Pennsylvania estimou a perda de até 2800 empregos e prejuízos anuais de US$324 ao Estado, caso a infestação não seja controlada.


Já estão aparecendo nas uvas, e temos relatos de produtores com perdas de 90% no ano passado

— Julie Urban, pesquisadora da Universidade Estadual da Pensilvânia.

“Esmague”

As autoridades da Pennsylvania recorreram a uma linguagem heterodoxa e orientam os cidadãos a esmagarem qualquer Mosca-lanterna-pintada que avistarem.


Mate-o! Esmague-o, esmague-o … apenas se livre disso! 

— Departamento de Agricultura da Pennsylvania

Para piorar, não se trata de uma mosca pequena. Medindo até uma polegada e com boa envergadura de suas asas coloridas, pode ‘passar’ por outros insetos, principalmente mariposas e borboletas.

Créditos da Imagem | Departamento de Agricultura da Pennsylvania

Nos 34 condados em quarentena, os cidadãos não devem mover quaisquer objetos que possam abrigar os insetos nocivos. Até churrasqueiras entraram nessa lista, noticiou The Guardian.

Feira terminou em investigação federal

No Kansas, há mais de 1.3 mil km do local mais próximo desse Estado onde esse inseto foi avistado, um menino gerou a abertura de uma investigação federal. Durante um evento, no qual expôs sua coleção de insetos, um de seus espécimes chamou a atenção dos juízes.

Mesmo podendo ser confundida com uma mariposa, a Mosca-lanterna-pintada foi identificada e as autoridades imediatamente comunicadas.

O Serviço de Inspeção da Saúde Animal e Vegetal do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) abriu investigação e apura como o inseto nocivo chegou tão longe, de acordo com o Hutchinson News.

Com informações de The Guardian, Hutchinson News, Agrolink e Conexão Planeta


A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar

— Sun Tzu

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img