23.6 C
São Paulo
domingo, 19 setembro, 2021

Eduardo Suplicy impõe ensino de Ideologia de Gênero para crianças em São Paulo

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

Projeto de Lei obriga Escolas Municipais a ensinarem crianças sobre ‘identidade de gênero’

O Vereador Eduardo Suplicy (PT) é autor do projeto de Lei 197/2018, onde há um artigo que impõe o ensino da Ideologia de Gênero nas Escolas Municipais de São Paulo. Outros vereadores como Juliana Cardoso (PT) e Elaine do Quilombo Periférico (PSOL).

Entre os apoiadores estão o vereador Adilson Amadeu (DEM), Janaína Lima (NOVO) e Marlon Luiz (PATRIOTA), além de Celso Giannazi (PSOL), Erika Hilton (PSOL) e outros representantes de partidos de esquerda e Centrão.

Folha 55 do relatório referente ao Processo Digital da PL 197/2018

De acordo com o inciso VIII, no artigo 3º, do PL criado pelo vereador petista, as crianças serão obrigadas a aprender sobre ‘gênero’, ‘orientação sexual’ e ‘identidade de gênero’.

VIII – garantia de direitos e promoção dos direitos humanos nas relações, notadamente com equidade de direitos de gênero, geração, raça, etnia, orientação sexual e identidade de gênero;

PL 197/2018, art. 3º, inciso VIII

Segundo o ACI Digital, a emenda de Suplicy foi inserida pouco antes da votação, em 23 de junho, no entanto, no documento autuado em 20 de janeiro de 2020 constava o inciso VIII no artigo 3º, enquanto o substitutivo apresentado por Suplicy foi autuado apenas em 24 de junho deste ano, um dia após a aprovação.

Folha 3 do relatório referente ao Processo Digital da PL 197/2018 / Autuada em 10.01.2020
Folha 47 do relatório referente ao Processo Digital da PL 197/2018 / Autuada em 24.06.2021

Houve também votação pela legalidade do PL original, em 10 de janeiro de 2020e depois do substitutivo, que foi Autuada em 24 de junho de 2021.

Folha 26 do relatório referente ao Processo Digital da PL 197/2018 / Autuada em 10.01.2020
Folha 58 do relatório referente ao Processo Digital da PL 197/2018 / Autuada em 24.06.2021

O PL foi aprovado por 40 votos favoráveis, 14 contrários e 1 abstenção. A Vereadora Janaína Lima (NOVO), que apoiava o PL, votou contra.

Vereadores contrários e abstenção

Vereador vota contra e alerta para absurdo do PL

O vereador Rinaldo Digilio (PSL) votou contrário à proposta e afirmou que muitos vereadores não perceberam a inclusão da emenda, segundo o Terça Livre.

Eu votei contrário a esse absurdo, mas tenho certeza de que muitos nem perceberam.

Vereador Rinaldo Digilio (PSL) ao Terça Livre

Contudo, como não perceberam se o inciso está no PL, como comprovado documentalmente, desde no mínimo 10.01.2020?

Sanção ou Veto

O presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (DEM), encaminhou ao prefeito Ricardo Nunes (MDB), na mesma data da aprovação.

Ofício do presidente da Casa ao Prefeito de São Paulo

O documento foi recebido pelo executivo nesta quinta-feira (01) e aguarda sanção ou veto do prefeito.

Folha 78 do relatório referente ao Processo Digital da PL 197/2018 / Autuada em 01.07.2021

Com informações do Processo Digital da Câmara Municipal de São Paulo, ACI Digital e Terça Livre


Descemos a um ponto tal que a reafirmação do óbvio é o primeiro dever dos homens inteligentes.

– George Orwell

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img