Bebê de sete meses está internada e com risco de morte por ausência de atendimento adequado

Nesta terça-feira (11) o Deputado Douglas Garcia (PTB) foi ao Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande (SP), para fiscalizar a aplicação de emenda encaminhada em 2020, no valor de R$100 mil, como consta em publicação de 30 de dezembro de 2020, no Diário Oficial.

Durante a fiscalização, o deputado foi informado sobre o caso de Maitê uma bebê de sete meses, que está internada sem tratamento adequado, nem diagnóstico. O descaso foi denunciado ao vivo por uma advogada identificada como Dra. Do Carmo e foi transmitido ao vivo pela TV Praia Grande, que acompanhava a fiscalização da emenda pelo deputado. Segundo o repórter, um menininho de nome Lorenzo faleceu recentemente no mesmo hospital.

Fontes de dentro do hospital nos forneceram fotos dos machucados no corpo da criança, que precisa de um especialista em nefrologia, mas que não é fornecido pelo hospital, sob a alegação de não possuir o mesmo em seus quadros, nem ter a capacidade de trazê-lo. No entanto, a Dra. Do Carmo afirma que o hospital se recusa a fornecer um laudo constando a impossibilidade de chamar o profissional de fora e recomendando a transferência da bebê.

Eles ficam infernizando a mãezinha lá na UTI dizendo que vão transferir a criança que está num estado gravíssimo, só que domingo disseram que se transferisse e a criança morresse a culpa seria dela.

– Dra. Do Carmo, advogada.

Pela afirmação da Dra. Do Carmo é possível questionar se a mãe da bebê está sofrendo violência psicológica pela administração do hospital. Ela ainda relata que recebeu uma mensagem via whatsapp do Secretário de saúde do município, onde o mesmo afirma que o hospital possui todo o aparato necessário para a criança, já o hospital afirma não ter como condições de dar seguimento ao tratamento necessário a bebê.

A Dra. denunciou que a mãe teve que comprar uma lâmpada quente, daquelas antigas, para esquentar o líquido da diálise, já que o hospital não possui e que o aquecedor colocado na cama da criança, que tem hipotermia, é dividido com o centro cirúrgico. Segundo ela, alguns médicos dizem que a bebê tem que ser transferida, já outro médico alega que os dois rins da criança estão parados, mas no laudo médico consta que apenas um rim não funciona.

A bebê deu entrada dia 28 de abril com um pouco mais de 7kg e se movimentando, atualmente pesa 13kg, mas sem movimentos por conta da retenção de líquido e de outras complicações.

Eu preciso de um laudo conclusivo para que se tenha elementos suficientes para pedir para o Ministério Público da Infância e Juventude e o judiciário tomarem uma posição sobre os direitos velados dessa criança, mas não há nenhuma conclusão, além de que a situação da criança está bem ruim. A questão aqui é uma vida, uma criança de sete meses, uma guerreira que está lutando pela sua vida. E eu não consigo acreditar que eles me mandam um papel desse aqui, sendo que a médica disse para a mãe da criança ontem a noite que ela precisa ser transferida. Onde a médica também afirmou que a bebê chegará com vida a outro hospital. Só que ninguém coloca isso no laudo porque sabem que existem uma sequência de erros. E eu só fico imaginando quantas mães passam por isso aqui dentro.

Dra. Do Carmo, Advogada.

O Jornalista Alexandre Pequi e o ativista Danilo Morgado também estiveram no local no mesmo momento que o deputado Douglas Garcia. Danilo disse que acompanha o caso da pequena Maitê através da Dra. Do Carmo, nas redes sociais, e que o caso é um absurdo, além de ser um descaso total com uma criança.

O deputado informou durante a transmissão da TV Praia Grande que representantes da Secretária de Saúde iriam até o local para dar explicações e conversar sobre o caso com ele e a Dra. Do Carmo. O Deputado se manifestou através do Twitter.

Deputado Estadual Douglas Garcia falando sobre o caso no Twitter

A TV Praia Grande também ressaltou o atendimento precário fornecido pela administração do hospital, frisando que é importante o deputado fazendo a sua parte e destinando emenda parlamentar, para que possam melhorar as condições do hospital. Também relatarem algumas reformas que estão sendo feitas no Hospital, mas que a frente do mesmo está caindo, pedaço por pedaço.

Após a manifestação do Deputado no Twitter, o piloto de aeronave Phelippe Augusto se colocou a disposição para fazer o transporte da pequena Maitê para um hospital da Capital, cabendo ao Deputado conseguir a vaga para a criança.

Resposta do piloto Phelippe Augusto ao Deputado Douglas Garcia

Com informações da TV Praia Grande e Diário Oficial


A indiferença é a maneira mais polida de desprezar alguém.

– Mario Quintana

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar