A atriz Gina Carano e o ator Arnold Schwarzenegger fizeram comparações entre nazistas e atos políticos na América. 

Gina Carano foi demitida e sofre assédio exigindo seu cancelamento, por comparar que os ataques do Partido Democrata e da imprensa americana aos apoiadores de Trump, com a propaganda realizada pelo Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães; o Partido Nazista, contra os judeus, que permeou toda a sociedade alemã de sua época, colocando vizinho contra vizinho, por questões de etnia, possibilitando a futura perseguição e aos judeus, com amplo apoio popular, que resultaria no genocídio conhecido como Holocausto. 

“Como a história é editada, a maioria das pessoas não percebe que para chegar ao ponto em que os nazistas conseguiam prender milhares de judeus, o governo fez com que seus próprios vizinhos os odiassem apenas por serem judeus. Como isso é diferente de odiar alguém apenas por suas visões políticas?”, disse Gina Carano.

A comparação levou ao cancelamento de projetos com a Lucasfilm, após pressão realizada através das redes sociais, principalmente na série The Mandalorian, e de seu abandono pela empresa que cuidava de sua carreira.  

“Gina Carano não está atualmente empregada pela Lucasfilm e não há planos para ela no futuro. Ainda assim, suas postagens nas redes diminuindo as pessoas com base em suas identidades culturais e religiosas são abomináveis e inaceitáveis”, comunicou a produtora. 

A declaração da atriz ocorreu quase um mês após declaração similar de outro astro de Hollywood, e ex-Governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, comparando a ocupação do Capitólio, durante a confirmação de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos da América, com a Noite dos Cristais, colocando o então presidente Donald Trump no papel de Adolf Hitler, por suposta incitação violenta ao ato popular. 

Schwarzenegger não sofreu cancelamento, ou retaliações. Confira a declaração do ator austríaco:

“Quarta-feira foi a Noite dos Cristais bem aqui nos Estados Unidos. Os vidros quebrados foram os das janelas do Capitólio americano. Mas a turba não quebrou apenas as janelas do Capitólio. Ela quebrou as ideias que considerávamos como garantidas”.

A declaração ocorreu durante vídeo publicado no perfil oficial do ator na rede social Twitter.

O vídeo teve mais de 1.2 milhão de curtidas. Abaixo, algumas das mensagens de apoio, recebidas por Schwarzenegger.

Noite dos Cristais

Na noite de 9 para 10 de novembro de 1938, as forças paramilitares de SA – a Tropa de Assalto dos nazistas – incendiaram sinagogas, destruíram escolas, casas, lojas e hospitais que pertenciam a judeus, e assassinaram aos menos 91 desses, segundo o historiador Richard. J. Evans; autor de ‘O Terceiro Reich no Poder’.  

O episódio recebeu esse nome devido aos milhões de cacos de vidro espalhados pelas ruas e avenidas, devido a destruição promovida. O ataque ocorreu após anos de propaganda nazista e houve amplo apoio popular, porém, além dos assassinados naquela noite, mais de 30 mil judeus foram enviados aos Campos de Concentração. 

Referência

Gilbert, Martin (1986). The Holocaust: the Jewish tragedy. London: Collins

Com informações da CNN, Jovem Pan, NBC News, Omelete e The Guardian. 

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar