A apresentadora disse aos cidadãos preocupados com efeitos econômicos e sociais do Lockdown, que “o choro é livre”

Nesta terça-feira (16), a apresentadora Maju Coutinho afirmou que “os especialistas são unânimes” quando as medidas restritivas de Lockdown e disse aos cidadãos que estão preocupados com os efeitos econômicos e sociais do Lockdown: “o choro é livre”.

As declarações ocorreram durante o Jornal Hoje, da TV Globo, e geraram fortes reações na internet, principalmente nas redes sociais. 

A deputada catarinense Ana Caroline Campagnolo, através de seu perfil no Instagram, publicou o techo no qual Maju Coutinho faz as declarações e comentou:

“O choro é livre” – apresentadora da Globo debocha da situação desesperadora enfrentada pelas vítimas do lockdown e pratica fake news ao afirmar que “os especialistas são unânimes” quanto à aprovação dessas medidas despóticas que estão aniquilando milhares de empregos todas as semanas.

– Ana Caroline Campagnolo, deputada estadual por Santa Catarina

Coluna Léo Dias

O colunista Léo Dias escreveu ao Jornal Metrópoles:

Maria Júlia Coutinho demonstrou desprezo aos trabalhadores que precisam sair às ruas para garantir seu sustento. Na edição dessa terça-feira (16/3) do Jornal Hoje, a jornalista afirmou que “o choro é livre” para quem é contra as medidas de restrição de circulação para o combate ao avanço do Covid-19.

– Léo Dias, colunista

Após a repercussão negativa, a Rede Globo enviou nota à Coluna Léo Dias e afirmou que a apresentadora quis dizer que “por mais amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias”. 

Reações nas redes sociais

São dezenas de milhares de reações negativas à declaração de Maju Coutinho. No Twitter, a hashtag #CalaABocaMajuHipocrita alcançou os trending topics, com mais de 90,5 mil citações. 

O perfil Jornal Hoje no Twitter também recebeu comentários negativos quanto à declaração da apresentadora. Veja clicando aqui.

Segundo o Portal R7, as hashtags #OChoroÉLivre e #GloboLixo também alcançaram os trending topics do Twitter e diversos pedidos de “cancelamento” da apresentadora. 

Nessa matéria para a seção de entretenimento do R7, a jornalista Keila Jimenez sugeriu no título que Maju Coutinho está sofrendo ‘censura’, porém, mantendo o termo entre aspas. Na mesma matéria, Jimenez também informou que a nota da Rede Globo é uma tentativa de justificar a fala da apresentadora, que foi “mal interpretada por aqueles que sofrem por estarem sem trabalho ou têm que manter seus negócios fechados”. 

Em contrapartida

Vídeo do comediante Tirulipa criticando quem possui condições financeiras para ficar em casa e ataca os trabalhadores que precisam arriscar suas vidas para trazer sustento às suas famílias, alcançou 3.6 milhões de visualizações. 

Tirulipa publicou o vídeo em seu perfil no TikTok. Não conseguimos verificar a data da publicação e não há como afirmar que seja uma resposta direta à Maju Coutinho. 

O fato é que a publicação de Tirulipa encontrou amplo apoio, sendo replicada em outras redes sociais, como o Twitter, e no YouTube

Especialistas divergem

Em 18 de março de 2020, o jornal Folha de São Paulo publicou reportagem sobre a divergência entre epidemiologistas quanto à efetividade e aos efeitos das medidas de isolamento social e fechamento de locais. 

Mortes por fome

Em 31 de agosto de 2020, o Jornal O Globo informou que poderiam morrer até 12 mil pessoas ao dia, no ano passado, devido à fome, segundo relatório da OXFAM. 

O relatório superou em 132 milhões o número de pessoas que passam fome no mundo, com relação à estimativa anterior. O principal motivo para esse aumento, segundo o jornal, é a Covid-19, por debilitar economias e corroer o poder de compra dos consumidores. 

Defensores da fala de Maju Coutinho

O blog Catraca Livre afirmou que a fala de Maju Coutinho é uma defesa da “forma de salvar vidas”. O texto ataca o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro (PSL) por criticar a fala da apresentadora. 

Em matéria para o Yahoo!, a repórter de entretenimento Bárbara Saryne afirmou que Maju Coutinho “já não parece tão paciente”, após “um ano pedindo para as pessoas ficarem em casa”. A repórter chamou a declaração da global de “discurso mais incisivo”.

Com informações do Metrópoles, Folha de São Paulo, O Globo, Twitter, Portal R7, e Instagram da Deputada Ana Caroline Campagnolo e Yahoo!


A hipocrisia é uma homenagem que o vício presta à virtude.

– François La Rochefoucauld

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar