19.4 C
São Paulo
quinta-feira, 28 outubro, 2021

COVID | Nova variante colombiana pode ser resistente às vacinas, diz OMS

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

A variante Mu surgiu na Colômbia e já é responsável por 39% das infecções no país Sul Americano

Segundo matéria de Thays Martins para edição do Correio Braziliense desta quinta-feira (2), a Organização Mundial da Saúde (OMS) está monitorando a variante Mu, originada na Colômbia. A OMS classificou a Mu como “variante de interesse”, mesma classificação das seguintes variantes: Eta, Iota, Kappa e Lambda.

A Mu é responsável por 0,1% das infecções por COVID-19, em escala global, estando presente em 39 países. No entanto, já é a origem de 39% dos casos na Colômbia.

Ainda haveria indícios de que a Mu pode ser resistente às vacinas, conforme a OMS. Contudo, a organização avisa que são necessários mais estudos sobre a variante.

Foram classificadas como “preocupantes” as seguintes variantes: Alfa, Beta, Gama e Delta.

Com informações de Correio Braziliense


A natureza parece quase incapaz de produzir doenças que não sejam curtas. Mas a medicina encarrega-se da arte de prolongá-las

Marcel Proust

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img