30.2 C
São Paulo
segunda-feira, 20 setembro, 2021

Como manter seu casamento em harmonia

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

O casamento é como uma casa, aprenda a edificar o seu

Com o passar dos anos, a convivência e a rotina pode acabar desgastando o relacionamento e com isso acabamos nos esquecendo do que amamos nas pessoas com quem convivemos e focamos mais nos pequenos defeitos que não gostamos. Porém, mesmo que o mundo esteja cada vez mais cheio de relacionamentos efêmeros e descartáveis, é possível manter um casamento saudável e duradouro.

Confiança

Confiar no outro é essencial para que o casamento seja saudável e duradouro. A confiança não é conquistada de uma hora para outra e sim algo que é construído com empenho mútuo. Ela pode se quebrar muito facilmente, por isso é importante construir uma relação sólida, que seja madura o suficiente para entender que ninguém é perfeito e que as coisas nem sempre dão certo. A confiança no outro é o que vai permitir que características como o ciúme e a insegurança não invadam o relacionamento.

Comunicação

Para se comunicar bem, é necessário saber ouvir. Se você não souber escutar com calma e atenção as coisas que o seu marido te diz e ele não souber te escutar também, vocês nunca vão conseguir se comunicar de forma efetiva, pois a informação sempre ficará perdida. Por isso, tenha paciência para conversar e fale o que é necessário, mesmo que não seja muito agradável, para que possam resolver os problemas da forma mais rápida possível.

Evitar comunicar ao seu marido o que você precisa, só vai causar mais transtornos no futuro e no relacionamento. Se algo te desagrada, diga e se algo desagrada ele, ouça. Em um relacionamento saudável sabe-se a hora de ter uma boa conversa, ouvindo o que o outro está sentindo e procurando chegar em um consenso.

Ser flexível e admitir erros

No relacionamento não há espaço para arrogância, egoísmo ou orgulho. Nem tudo é como queremos e devemos aceitar isso. É preciso admitir os erros e pedir desculpas quando for necessário. Não esqueça que quando o orgulho entra por uma porta o amor sai pela outra, por isso não deixe que o seu orgulho te domine.

Quando suas atitudes magoarem o seu marido, peça desculpas e se reconcilie. O relacionamento pode ficar fragilizado se houverem situações mal resolvidas e se ambos estiverem magoados. Por isso, aceite que certas coisas fogem do seu controle e procure não colocar muitas expectativas nas costas do seu marido.

Respeito

O respeito é a base de qualquer relacionamento e deve ser recíproco. Sejam sempre respeitosos, tanto nos momentos de discussões e brigas, como nos momentos de decisões importantes. Sejam pacientes um com o outro, e acima de tudo, respeitem muito um ao outro. Trate sempre o seu marido da forma como você gostaria de ser tratada, com carinho, amor e respeito.

Apoio é importante

Esteja presente para apoiar seu marido emocionalmente, psicologicamente ou financeiramente. Quando ele pensar em desistir fique ao lado dele para lembrá-lo que é normal aparecer obstáculos pelo caminho, mas que ele é capaz de conseguir conquistar o que deseja, que ele tem potencial.

Lembrando que atitudes como desacreditar no parceiro, colocá-lo para baixo, duvidando de suas capacidades ou se incomodar quando o seu marido conquista algo que é importante para ele, NÃO são características de um relacionamento saudável. Esses sentimentos beiram à possessão, ao ciúme e à insegurança, além de serem extremamente abusivos.

Honestidade

Você deve ser sincera em todas as suas atitudes e falas, isso é primordial no seu relacionamento. Nunca minta por medo de machucar o seu marido ou para agradá-lo. Não vale a pena. Mesmo que a verdade seja dolorosa, ela é sempre melhor do que a mentira. Ser sincera em relação às suas necessidades e sentimentos é importante para não magoar seu marido e nem a si mesma.

Seja presente

Seja presente e participe da vida do seu marido. Uma das piores sensações no casamento é sentir-se sozinho, mesmo quando seu companheiro está ao seu lado. Preste atenção para que isso não aconteça. Quando estiver com seu marido, volte sua atenção para ele, ao invés de manter sua mente em outro lugar, faça surpresas, priorize suas saídas com ele ou acompanhe ele em eventos especiais. Esteja a disposição para o seu companheiro e esteja disponível para ouvi-lo e apoiá-lo sempre que possível. Isso aumenta a sensação de bem-estar, segurança e confiança entre vocês.

No casamento, seu marido é a sua prioridade e você é a prioridade dele (no caso de terem filhos, eles obviamente se tornam a nova prioridade de vocês como um casal e como uma família). Portanto, tenham sempre essa ideia bem definida para que vocês tomem decisões e planejem seus dias levando um ao outro em consideração, em primeiro lugar.

Paciência, compreensão e perdão

É preciso ter paciência para não brigar ou se estressar por coisas pequenas e fúteis que desgastam o relacionamento. Ter paciência com o seu marido, é sinal de harmonia e bem estar na sua casa casa e no seu casamento. Se o seu marido faz algo que te incomoda, a melhor saída é sentar e conversar ou aceitar. Precisamos entender que não temos o poder e nem o direito de mudar ninguém. As pessoas só mudam se for do interesse ou por vontade delas mesmas. Aceite os defeitos do seu marido e tenha paciência, pois assim será mais fácil de conviver com eles e lembre-se que você também tem os seus defeitos.

Tente compreender o seu marido e respeitar as suas decisões, a forma como ele lida com as situações e se puder ajudar é melhor ainda. Compreender significa ouvir o outro e fazer o seu melhor para entendê-lo e respeitá-lo. Também significa colocar-se no lugar dele, entendendo que são diferentes, que vêm de criações, realidades e experiências diferentes e que cada um vai reagir a sua maneira em cada situação.

O perdão faz bem ao coração e quando algo te magoar, procure conversar sobre isso e resolver da melhor forma possível, expondo seus sentimentos de forma madura. Depois de se acertar com seu marido, não há necessidade de guardar mágoa e rancor, pois isso faz mal e só desgasta o casamento. Não fique relembrando os erros do passado do seu marido, permita se dar o perdão sincero e sigam e frente.

Digam sempre “Eu te amo” e cuidem um do outro

Não é porque casaram que devem para de ser carinhosos um com o outro, por isso é importante criar o costume de sempre usar palavras para descrever o sentimento que vocês compartilham um pelo outro. Isso também pode ser feito de outras formas além do “eu te amo”, como por exemplo, você pode ligar para o seu marido ou ele pode te ligar no meio da manhã apenas para dizer que sente sua falta, pode ser demonstrado por um café da manhã, almoço ou jantar, um presente inesperado e não esqueça de reservar um tempo para vocês dois todos os dias.

Da mesma forma que você cuida do seu trabalho, da sua casa, dos seus filhos caso tenha, também pode cuidar do seu casamento diariamente, isso mantém o romantismo vivo. Não esqueça de elogiar e elevar a autoestima da pessoa que você ama, se já é bom ser elogiado, quando vem de alguém que amamos como a pessoa que escolhemos para passar o resto das nossas vidas, significa ainda mais. E além disso, é um ótimo exemplo para os filhos que crescem vendo a forma como um casal saudável deve ser.

Sejam sempre gentis um com o outro, tratem a casa de vocês como um lugar de harmonia e paz.


O casamento é um duelo mortal que nenhum homem honrado deve rejeitar.

– G.K. Chesterton

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img