19.4 C
São Paulo
quinta-feira, 28 outubro, 2021

CHINA | Crise na Evergrande pode afetar o futebol

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Gigante chinesa é acionista majoritária do principal clube do país e pode desmontar a entidade esportiva por causa de dívida bilionária

Na semana passada a segunda maior incorporadora chinesa, a Evergrande, anunciou possível calote em credores e investidores, podendo levar a um rombo de US$300 bilhões e a falência de diversas empresas, inclusive bancos, como noticiou a Esmeril News. Essa é a maior dívida de uma empresa no mundo.

Devido a essa crise, se o governo chinês quebrar sua ‘tradição’ de intervir em situações de grave crise financeira – que pode gerar um efeito cascata perigoso, devido ao mercado imobiliário ser responsável por 28% da economia doméstica chinesa – o futebol no país pode ser afetado.

A Evergrande é acionista majoritária do Guangzhou FC, que é bi-campeão da Liga dos Campeões da Ásia e octacampeão nacional. Apesar desse sucesso, o clube pode até ser desmontado, por causa da dívida de sua principal acionista, segundo O Globo.

Essa crise da gigante chinesa é digna de comparação com a quebra do banco Lehman Brothers, que resultou na última grande crise econômica americana e afetou negativamente a economia global, em 2008.

Com informações de O Globo


Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão

— Lao-Tsé

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img