Gigantes ingleses se enfrentaram numa final caseira

Neste domingo (29), das 16h às 17h57, Chelsea e Manchester City se enfrentaram pela final da Champions League, no estádio do Porto FC, em Portugal. Com presença de público, porém limitada pelas restrições das políticas anti-Covid, os gigantes da Premier League lutaram pelo título da maior competição de futebol do Mundo.

Ainda no primeiro tempo os Blues tiveram uma baixa importante, o zagueiro brasileiro Thiago Silva se lesionou e precisou ser substituído. Mas a bruxa estava solta e, no segundo tempo, os Citizens perderam seu principal jogador, o meia Kevin De Bruyne se machucou após choque forte com o zagueiro alemão Rüdiger, do Chelsea. O belga foi substituído pelo atacante brasileiro Gabriel Jesus.

Com gol de Havertz, no primeiro tempo, após belo passe de Jason Mount, o Chelsea se sagrou campeão, por 1×0. É o primeiro título de Champions League do técnico Thomas Tuchel e segundo da história do Chelsea (o primeiro foi na temporada 2011/2012).

Guardiola vê escapar o que seria sua quarta conquista da competição – segundo o Goal, ele conquistou uma vez como jogador, pelo Barcelona, na temporada 1991/1992, e duas vezes como técnico dos catalães, em 2008/2009 e 2010/2011 – e o primeiro do City.

Com informações da transmissão da TNT Sports, Wikipedia do Chelsea e Goal


Há campeões de tudo, inclusive de perda de campeonatos.

– Carlos Drummond de Andrade

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

fim
Revista Esmeril - 2021 - Todos os Direitos Reservados

Leave a Comment

This div height required for enabling the sticky sidebar