22.2 C
São Paulo
sexta-feira, 27 maio, 2022

Biblioteca de Borges

BIBLIOTECA DE BORGES | Democracia: essa nunca enganou ninguém!

Muito antes de Tocqueville, Franklin e Churchill, a democracia teve um crítico severo e implacável: o historiador grego Políbio (203-120 a.C.) Não são poucos os que pensam que o descrédito dos ideais democráticos é um fenômeno recente, resultado dos bombardeios...

BIBLIOTECA DE BORGES丨Matar ou morrer de rir: a última gargalhada

Um ensaio de ficção ensaística A morte do arqueólogo e historiador M. J. Dores da Graça surpreendeu a pequena comunidade acadêmica do Br****, dividida entre os que já nem se lembravam dele e aqueles (bem menos numerosos) que desconheciam que...

BIBLIOTECA DE BORGES | Uma ‘ilha’ cercada de intenções suspeitas e emoções baratas

A palavra Utopia foi criada no século XV por Thomas More, mas a ideia de "mundo perfeito" remonta ao século V a.C., com a "República" de Platão, e desde então tem ajudado a tornar as coisas cada vez piores Não...

BIBLIOTECA DE BORGES | O legado literário de um outro Vieira

A obra do escritor católico José Geraldo Vieira nos fala de uma época em que os ventos não sopravam tão tendenciosamente para a esquerda Tente sintetizar, caro leitor, o caudal de uma bacia hidrográfica num simples copo d’água. Será uma...

Mentiras e estatísticas: como não se afogar em números

Por que um divertido ensaio lançado na década de 1950 continua sendo uma ferramenta indispensável para enfrentar as trapaças da mídia e dos políticos Que a Teoria das Probabilidades e sua prima-irmã de má fama, a Estatística, tenham nascido de...

Geração mimimi: por que, desde Rousseau, as palavras ‘machucam’

O homem que abandonou cinco filhos e traiu suas amantes e amigos acabou se tornando um modelo de moralidade: eis, em breve síntese, toda a tragédia contemporânea

H. G. Wells: já não se fazem profetas como antigamente

Num ensaio de 1940, o escritor inglês vai além da ficção e apresenta as linhas gerais de uma nova geopolítica global: esta em que hoje vivemos

Uma doença do espírito chamada Charles Fourier

Sem conhecer o criador do falanstério, fica difícil compreender de onde surgiram as ideias malignas de feminismo, poligamia e ideologia de gênero – todas elas filhas de um mesmo transtorno psíquico: o igualitarismo

Werther e Caulfield: a morte pela Literatura

Por que os jovens leitores de J. Wolfgang Goethe e J. D Salinger não podem suportar tanta realidade

Seções

Anúnciospot_img