18.5 C
São Paulo
domingo, 5 dezembro, 2021

AFEGANISTÃO | Talibã proíbe homens de cortarem a barba

Revista Mensal
Roberto Lacerda
Roberto Lacerda Barricelli é jornalista, assessor e historiador. Foi correspondente do Epoch Times e colaborador em diversos jornais, como Jornal da Cidade Online, O Fluminense, São Carlos Dia e Noite, Diário da Manhã, Folha de Angatuba e Jornal da Costa Norte.

Barbeiros não poderão mais exercer o ofício em retorno da ditadura do grupo terrorista

Notícia publicada nesta segunda-feira pela britânica BBC denuncia a retomada de perseguição religiosa aos homens que se barbearem, em província no Afeganistão. Quando esteve no governo, entre 1996 e 2001, o grupo terrorista Talibã impôs uma ditadura islâmica, agora, que tomou o poder através de golpe militar no último 15 de agosto, e apesar de promessas de ‘moderação’, alguns abusos retornam aos poucos.

Na província de Helmand, no Afeganistão, homens foram proibidos de se barbearem e os barbeiros de aparar ou raspar barbas. Segundo o Talibã, essa prática viola a Lei Islâmica (Sharia). Recentemente, alguns barbeiros na capital, Cabul, também afirmaram que receberam ordens semelhantes.

Quem for pego se barbeando ou a outrem, será punido, afirmou a polícia religiosa do Talibã, conforme a BBC.

Com informações da BBC


A ditadura é um estado em que todos temem alguém

— Alberto Moravia

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

PATRIMÔNIO E MEMÓRIA丨O lusotropicalismo em Gilberto Freyre

Roberto Lacerda recorda o clássico "O luso e o trópico" para honrar a memória de Gilberto Freyre, cuja reflexão...
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img