21.9 C
São Paulo
domingo, 28 novembro, 2021

7 Filmes para inspirar seu casamento

Revista Mensal
Samara Barricellihttp://www.revistaesmeril.com.br
Samara Oliveira Barricelli é jornalista, Católica Apostólica Romana, mãe e esposa.

A sétima arte ainda é capaz de inspirar reflexões e trazer lições positivas, mesmo na modernidade

Que tal sair da rotina e improvisar um cineminha em casa regado a pipoca, seu refrigerante ou suco favorito, até mesmo um chocolate quente e tudo isso ao lado de quem ama? E se além do cineminha a dois, vocês puderem se inspirar em filmes clássicos para reacender o melhor do casamento? Enredos que falam de crises, reconciliação, companheirismo e determinação para lapidar o seu relacionamento. Alguns você pode até ter assistido, mas não custa ver novamente, com seu marido, e abraçarem juntos as lições e perspectivas de um bom romance.

Longe Dela

O filme narra a história do casal de aposentados Fiona e Grant. Fiona é diagnosticada com Alzheimer e Grant começa a repensar suas ações, o casamento, suas relações extraconjugais, sua vida, e decide fazer de tudo para tornar a vida da esposa mais feliz. Porém, Fiona decide se internar em uma clínica e uma das regras do local é que os pacientes não recebam visitas nos primeiros 30 dias.

Quando Grant finalmente consegue ver a esposa, ela já não o reconhece e está afeiçoada por um outro paciente da clínica, o que faz com que Grant tenha que aceitar a nova condição de amigo ao mesmo tempo em que tenta ajudá-la a se lembrar dele e do passado. Um filme incrível que nos faz refletir de como a vida muda em um segundo e do quanto devemos valorizar quem amamos.

P.S. Eu Te Amo

Holly é casada com Gerry, um divertido irlandês que a fez se apaixonar perdidamente, mas poucos anos após o casamento, ele falece, deixando Holly arrasada e em depressão.

Meses após o falecimento, ela começa a receber cartas com surpresas que Gerry deixou para ajudá-la a superar sua morte e seguir em frente. O filme ainda retrata as diferenças, as dificuldades financeiras, o desmoronamento dos sonhos, as brigas constantes, a frustração de Molly teve que lidar com o abandono do pai, a visão de Gerry sobre a vida, seu profundo amor por Molly e o reencontro dela com seus sogros que perderam o único filho. Uma história incrível, expondo que apesar de todas as circunstâncias ruins que invadem o relacionamento, o amor pode persistir e resistir a tudo.

Para Sempre Alice

Alice é uma professora e pesquisadora bem-sucedida, dona de uma mente brilhante, e não havia algo que ela não guardasse de cor. Confiante e determinada, ela sempre acreditou que tudo estava sob seu controle, mas após o diagnóstico de Alzheimer, descobre que nada é para sempre.

Alice terá que se reinventar a cada dia, abrir mão do controle, aprender que também pode ser cuidada, além de aceitar que nunca mais será a mesma. Para sua sorte, seu marido John ficará ao lado, enfrentando as dificuldades e mostrando o profundo significado de união e amor.

À Prova de Fogo

O filme retrata um casamento cheio de brigas e sem espaço para o amor e companheirismo, que está a beira do divórcio. Caleb decide pedir conselhos ao pai e é convencido a tentar mais uma vez, seguindo um diário que tem orientações de como proceder por 40 dias. Catherine não acredita na mudança do marido e não dá brecha para reconciliação, focada no seu próprio sofrimento.

Enfim, ele percebe o quanto era egoísta e um mau marido. Ela acaba reconhecendo o quanto foi injusta por acreditar que o casamento era responsabilidade só do homem. Uma história incrível de superação que mostra que o casamento está em fazer o outro feliz e não o contrário.

Casablanca

Rick Blaine tem uma casa de shows numa colônia francesa, porém, estoura a Segunda Guerra e a França é dominada pela Alemanha. Ilsa Lund aparece na cidade, mas é casada com Victor Laszlo que é perseguido pelos nazistas. Rick é um auto exilado norte-americano que encontra refúgio na cidade de Casablanca e passa a administrar uma casa noturna. Ele reencontra sua antiga paixão Ilsa, que agora está casada e precisa de ajuda para fugir dos nazistas.

Ela quer ficar com Rick, mas ele abre mão do seu amor e a encoraja a ir com o marido, pois isso seria muito importante para os aliados (contra os nazistas), sacrificando sua vontade por um “bem maior”. Durante a Segunda Guerra, Rick ainda fornece as cartas-passe, que permitem transitar pela Europa sem ser incomodado pelos nazistas, para que Ilsa e Victor cheguem à Lisboa e de lá fujam para os EUA. Uma verdadeira história de altruísmo.

Um Lugar Chamado Notting Hill

Em Notting Hill o encontro entre William Thacker e Anna Scott, na pequena livraria que pertence ao rapaz, em Londres, poderia parecer algo inesperado. Por Anna ser uma estrela de Hollywood, daquelas que atiça qualquer paparazzi. Porém, todo o glamour, dinheiro e fama não fazem dela uma mulher feliz e realizada, mas um beijo inesperado pode causar a ruptura no seu mundo fantástico e ambos precisarão decidir o que importa: uma vida de glamour ou abraçar o que lhe é necessário para alcançar a felicidade?

Será que William deixará sua pacata livraria, ou Anna enxergará a beleza em ser uma mulher comum, com seu marido comum e seus filhos comuns? Independente das decisões, não adiantará chorar pelo suco de laranja derramado.

Orgulho e Preconceito

O encontro da elite com a “vassalagem”, na Inglaterra Vitoriana, não tinha como deixar de acontecer num baile. Adicionemos a isso a imaginação de Jane Austen e será necessário muito esforço para estragar a trama numa adaptação ao cinema.

Quando a bela, inteligente e arrogante Elizabeth se depara com o misterioso, astuto e vaidoso Mr. Darcy, as máscaras caem e a estrada da redenção começa a ser pavimentada. Mas nada é óbvio e quem diria que “Orgulho e Preconceito” estariam onde nosso senso comum não espera. O filme começa na propriedade da família de Elizabeth, onde ela vive com o pai, a mãe e as irmãs, e chega aos jardins da linda mansão de Darcy.

As diferenças entre os temperamentos das irmãs são tão notáveis quanto entre as personalidades dos protagonistas. Romances menores, porém extremamente simbólicos, permeiam tanto a obra quanto sua adaptação cinematográfica. A capacidade imaginativa de Austen expôs um mundo que a autora conhecia bem, apesar de abordar temas com os quais não teve contato pessoal, como o casamento, mas não significa que seja ignorante, e suas estorias provam isso.

A transformação das potências em virtudes e o abandono dos vícios, após uma jornada particular que culmina no encontro do próprio eu e no reencontro entre seres amados, torna as obras da autora inglesa em clássicos, que valem ler e assistir, em todas as épocas.

Casais que compreendam as lições de “Orgulho e Preconceito”, terão muito a realizar juntos, principalmente os mais jovens e idealistas, que precisam abandonar as ilusões dos contos de fadas a aprenderem a amar no outro aquilo que realmente é amável e duradouro.


A coisa mais extraordinário do mundo é um homem comum, uma mulher comum e seus filhos comuns

– G. K. Chesterton

Gosta de nosso conteúdo? Assine Esmeril, tenha acesso a uma revista de alta cultura e ajude a manter o Esmeril News no ar!

Esmeril Editora e Cultura. Todos os direitos reservados. 2021
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais do Autor

Crie rotina e atividades para seus filhos na pandemia

Não deixe as crianças sem rotina e boas atividades.
- Advertisement -spot_img

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img